Vivo cria licença de dois dias para funcionários que adotarem pets desabrigados

A “licença PETernidade”, iniciativa criada pela empresa Petz, foi adotada para funcionários da Vivo

Foto: Pexels

Engana-se quem diz que o mundo dos negócios não deve exercer uma função social para com a comunidade. Cada vez mais as empresas se movimentam para criar ações comunitárias, uma exigência tanto do público quanto do mercado. E, por vezes, essas ações podem beneficiar os funcionários, em uma importante estratégia de employee experience.

Foi o caso da Vivo, que recentemente lançou a “licença PETernidade”, uma ação criada pela empresa Petz. Feita a partir de parcerias com ONGs brasileiras de abrigos, a campanha tem como objetivo dar dois dias de folga para funcionários que adotarem um pet de um abrigo. E não para por aí: a Vivo também expandiu a conexão a seus usuários, de forma a aproximá-los das ONGs para uma adoção responsável e consciente.

“A conexão com os Pets é uma realidade dos novos tempos, e no último ano ficou ainda mais forte. Se esta é uma conexão importante para as pessoas, é importante para a Vivo. Por isso, queremos usar a força da nossa marca, tecnologia e presença no Brasil todo para estreitar ainda mais essas relações e potencializar a conexão entre as pessoas e o universo pet”, explica a diretora de Imagem e Marca da Vivo, Marina Daineze.

A digitalização para o bem da causa animal

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2019 o Brasil já tinha cerca de 30 milhões de animais domésticos desabrigados, em busca de um lar. Destes, cerca de 10 milhões são gatos e 20 milhões são cachorros.

O resgate dos animais é feito normalmente por ONGs, especialmente em grandes cidades, que ficam superlotadas. Assim, a Vivo pretende conectar futuros donos aos bichinhos. Ao todo, já são 20 ONGs parceiras da empresa no projeto e a ponte entre as instituições e os usuários da Vivo — nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e regiões metropolitanas a essas capitais — será feita pela plataforma Vivo Valoriza.

Todo o processo de adoção é feito virtualmente: a partir da conexão com a ONG desejada, por meio da plataforma da Vivo, o usuário já pode realizar a adoção diretamente com o abrigo escolhido. Vale destacar que entre as organizações parceiras estão Amigos de São Francisco, Adote um Amicão, Adote um Gatinho, Clube dos Vira Latas, Catland, Abrigo João Rosa e Rockbicho.

Inicialmente, a campanha concentra-se apenas nas três maiores capitais do Sudeste, mas a empresa pretende ampliá-la para outras cidades brasileiras ao longo do ano.

ONGs que desejarem se tornar parceiras devem se inscrever pelo site oficial da campanha.

A Vivo e o mundo dos pets

Desde 2019, a plataforma da Vivo tem investido no mundo pet. São mais de 25 parceiros que oferecem benefícios exclusivos aos usuários da empresa, tais como descontos em acessórios e compras em pet centers e até mesmo sobremesas especiais em estabelecimentos pet friendly.

Hoje, a empresa também oferece em seus serviços o DOGTV, um canal desenvolvido para atender às necessidades caninas, como uma terapia audiovisual para cães que ficam sozinhos em casa.


+ Notícias

Tem um animal de estimação? Conheça aplicativos para pets que vão facilitar a sua vida

4 direitos garantidos aos donos de pets




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS