Roadmap: como desenvolver um chatbot eficiente

Avanço de tecnologias, investimentos em IA e digitalização do consumidor deixam o terreno fértil para o desenvolvimento e crescimento dos chatbots

Foto: Shutterstock

Entre os efeitos trazidos pela pandemia está o fomento da aceleração do digital. A atenção das empresas se voltou definitivamente para a tecnologia como forma de incrementar a relação com o consumidor. Não à toa, em 2021, os investimentos em inteligência artificial no Brasil podem chegar a R$ 2,4 bilhões, segundo estimativa da International Data Corporation (IDC). A maior parte do montante será encabeçada por serviços de consultorias de TI e de negócios, com o intuito de otimizar chatbots de atendimento e de aplicações corporativas, que prometem crescimento de 30% neste ano, perante 2020.

Com tantas tecnologias disponíveis e acessíveis no mercado, desenvolver um bot pode até parecer uma tarefa simples. Porém, sem planejamento e dedicação da equipe envolvida, torna-se difícil conquistar eficiência, usufruir das vantagens da implementação e, consequentemente, oferecer o encantamento esperado para o atendimento.

Tudo começa por uma pesquisa detalhada para entender quais são os processos da empresa, o que pode e como pode ser automatizado. Saiba quais são os outros passos em matéria publicada na revista digital Consumidor Moderno.


+ Notícias 

Como o Wi-Fi 6 pode revolucionar a conectividade, segundo a Huawei

As melhores formas de usar o CRM nas empresas 






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS