Conheça o Itaú Cultural Play, nova plataforma de streaming gratuita

A plataforma conta com 135 títulos brasileiros que compreendem a totalidade da cultura do país

Foto: Pexels

Na linha do novo conceito de consumir o entretenimento, a plataforma de streaming tem conquistado o bolso dos consumidores. E cada vez mais elas se expandem: começou com o sucesso absurdo da Netflix, até se estender à Disney +, Amazon Prime e outras recentes descobertas no mercado, que têm faturado uma bela porcentagem mensal.

Foi pensando na nova concepção de entretenimento que o Itaú Cultural também deu um passo adentro dessa tecnologia e lançou, na penúltima semana de junho, o Itaú Cultural Play. A plataforma de streaming reúne inicialmente 135 títulos com dois diferenciais importantes: o conteúdo é todo brasileiro — dos 26 estados do País e Distrito Federal — e o acesso é gratuito.

“Queremos que a nossa plataforma seja um Hub dos produtos destas instituições, favorecendo a divulgação, sem exigência de exclusividade”, comenta Eduardo Saron, diretor da Instituição. “É um dos nossos maiores projetos e se associa aos primeiros dias do Itaú Cultural, quando tecnologia e conteúdo com curadoria eram nosso foco”, explica em comunicado à imprensa.

Uma plataforma de streaming original, única e gratuita

Disponível a princípio apenas pelo site — em breve também estará disponível no aplicativo para Android e iOS —, a plataforma conta com uma grande diversidade de temas e mostras, como clássicos, obras premiadas, criação independente, documentários, séries, animações e longa-metragem, incluindo nomes de grandes diretores e atores brasileiros.

O projeto já estava em desenvolvimento nos últimos dois anos e tem como objetivo facilitar o acesso à cultura de entretenimento cinematográfico brasileiro, com uma grande diversidade de temáticas e artistas. “Esse universo do conteúdo falou muito alto e nos fez buscar parceiros tecnológicos que atendessem a pluralidade do País”, destaca Saron no comunicado.

Os produtores por trás do Itaú Cultural Play destacam que os conteúdos de produção indígena também terão um espaço de destaque dentro da plataforma, assim como as produções feitas por diretores e roteiristas negros, que contem com uma representação diversa.

Detalhes da cultura brasileira

Até setembro de 2021, o Itaú Cultural Play terá passado por suas três etapas de lançamento, que também cativam o engajamento com o público. A primeira foi o lançamento da plataforma, no dia 19 de junho. A instituição destaca que, nas próximas semanas, o aplicativo oficial da plataforma já estará disponível na Play Store e Apple Store para download gratuito. Por fim, o VOD será disponibilizado para as smart TVs.

“Vamos trazer a diversidade da nossa cinematografia para o grande público, gratuitamente, cumprindo nosso compromisso de ampliar o acesso à cultura brasileira”, destaca o diretor.

Alguns dos grandes clássicos brasileiros já seguem disponíveis na plataforma, como as produções de Glauber Rocha: O Padre e a Moça (1966), Hora e a Vez de Augusto Matraga (1965) e Dona Flor e seus Dois Maridos (1976).

Em detalhes, os 135 títulos estão divididos em 69 documentários, 56 longa-metragens, 50 curta-metragens, 36 ficções, 16 mostras temáticas e 15 animações infantis e para adultos. Vale destacar que ao menos 56 títulos são assinados por mulheres.


+ Notícias

Disney+ vai superar Netflix em assinantes até 2026, aponta consultoria

Netflix tem crescimento recorde e ultrapassa a marca de 200 milhões de assinantes






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS