Carrefour lança linha sustentável e orgânica de alimentos

A rede de supermercados traz ao Brasil a linha Carrefour Bio, mais saudável, democrática e sustentável

Na onda da sustentabilidade, o Carrefour acaba de anunciar seu próximo passo na agenda de ESG: a companhia lançou uma série de produtos orgânicos com preço mais acessível, batizado de Carrefour Bio. O movimento faz parte das ações de sustentabilidade promovidas pela corporação ao longo dos últimos anos e deve se expandir nos próximos meses.

Ao todo, são mais de 100 opções de produtos saudáveis, sustentáveis e acessíveis. De acordo com o Carrefour, a linha foi produzida com responsabilidade socioambiental — desde a composição do produto e processo de produção às embalagens. A companhia destaca, ainda, que a produção dos alimentos foi feita por pequenos ou médios fornecedores.

“A linha Carrefour Bio foi desenvolvida com o objetivo de democratizar os produtos orgânicos no país, trazendo alimentos de ótima qualidade com preços acessíveis aos nossos clientes”, destaca Allan Gate, diretor de Marca Própria do Carrefour.

Comida mais sustentável, saudável e democrática

Além de trazer uma opção orgânica provinda de uma grande marca, o Carrefour também assumiu a responsabilidade de começar a democratização de alimentos saudáveis para os clientes de sua rede. A acessibilidade vem, sobretudo, na facilidade de uso e no valor investido. O Carrefour destaca que a nova linha oferece preços até 30% mais baratos que as demais marcas do mercado.

“Com isso, fortalecemos ainda mais o Act for Food, posicionamento global do Carrefour que trabalha para tornar a alimentação saudável mais acessível para todas as pessoas”, ressalta Gate.

Com uma tendência mais saudável entre os brasileiros — que investiram mais em saúde no ano passado —, a linha se concentra nas necessidades básicas e aparece como uma alternativa mais saudável e rentável. São 42 opções de produtos de mercearia, que envolvem azeite, molho de tomate, palmito, água e óleo de coco, açúcar, mel, massa para lasanha, alguns condimentos (mostarda e ketchup), café e chás. Vale dizer que o café também será adaptado para cápsulas.

Para os perecíveis, são mais de 60 opções de frutas, legumes e verduras, todos orgânicos e com certificação desde o início da produção até a chegada do produto na prateleira.

Com um contato mais próximo com pequenos agricultores, a rede pretende abrir um processo mais natural e saudável. “Simplificamos a vida desses pequenos fornecedores, para que eles não tenham mais receio em entrar em uma grande rede como a do Carrefour”, complementa Gate.


+ Notícias

Entenda como Carrefour está quebrando o último tabu do ESG

Carrefour abre editais para apoiar empreendedorismo negro






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS