Ensinar tecnologia é apenas um dos planos do novo CDO da AeC

O executivo recém-chegado à empresa revela o planejamento da área e destaca a importância do desenvolvimento de colaboradores e da digitalização

Ter nascido antes da revolução digital não impede uma empresa de ser, de fato, adequada ao mundo como é hoje. Existem diferentes estratégias para acelerar o processo de transformação digital e um deles é justamente a contratação de um executivo focado no tema. Essa foi a escolha da AeC, que recentemente contratou Gustavo Morais para ser CDO da companhia.

Formado em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Pernambuco, ele possui MBA em Gestão de Negócios pela FGV. Morais já passou por grandes empresas como SmartBank, SKY Brasil, Rede e Itaú-Unibanco e começou sua carreira no C.E.S.A.R (Centro de Estudos de Sistemas Avançados do Recife), uma das primeiras empresas a irem para o Porto Digital, no início dos anos 2000.

“Quando há um executivo C-level focado em digital em uma companhia, isso significa que a digitalização está sendo levada a sério e que a empresa está preocupada com uma mudança verdadeira de mindset, porque a alta direção está envolvida diretamente no tema”, defende o CDO. Ele diz ainda que é impossível que transformações culturais sejam realizadas em áreas isoladas, por isso, ela deve permear a empresa inteira.

Os planos do CDO

“Minha intenção é catalisar e empoderar os times da AeC para que eles próprios entreguem os avanços necessários em suas áreas”, diz. “Quero desenhar uma estrutura que seja uma grande habilitadora de pessoas e processos, para que tudo passe a girar de uma forma cada vez mais simples”. Além disso, Morais conta que a companhia vai reforçar a própria estrutura para tornar o trabalho mais ágil e escalável.

Outro investimento em tecnologia que está nos planos da empresa é a construção de plataformas próprias, maximizadas pela computação em nuvem e tecnologias de ponta, mantendo o caráter autoral que já é uma marca da companhia, ao mesmo tempo em que trabalhará o desenvolvimento de parcerias a fim de profissionalizar e acelerar as entregas.

Digital Academy

Uma das primeiras iniciativas a ser liderada por Morais dentro da AeC é a Digital Academy, realizada em parceria com a Gama Academy, para a capacitação de colaboradores e moradores das cidades onde a AeC está presente. A ideia é oferecer cursos na área de tecnologia.

“Estamos começando com uma capacitação de desenvolvimento de softwares”, diz o CDO. “É um projeto piloto que investe no colaborador da AeC, que já possui um conhecimento do negócio e da nossa cultura, além de atender uma demanda interna por profissionais de tecnologia”.

O aprendizado é essencial

A cidade escolhida para o início da iniciativa é Campina Grande, pois esse é um local que acolheu a AeC há muitos anos, possui maior unidade da empresa, e está se expandindo rapidamente. “Lá, teremos novas operações no próximo semestre e novas contratações”, detalha Morais. “Queremos criar na unidade um dos polos de tecnologia da empresa, aproveitando também o perfil da cidade que já é uma referência em tecnologia e inovação na região”.

Como ele afirma, este é um momento em que a capacitação do atendimento humano para as profissões do futuro é indispensável. “O Digital Academy é o primeiro passo, queremos investir cada vez mais em treinamentos na área de tecnologia para nossos colaboradores, pois entendemos que por trás de toda a tecnologia e digitalização existe uma equipe de pessoas que constrói e acompanha o processo de perto”, argumenta. “Queremos fazer a diferença no mercado de tecnologia especializado em atendimento ao cliente, fazendo o que a AeC faz de melhor que é aliar tecnologia ao calor humano”.


+ Notícias

As estratégias para desenvolver bots realmente resolutivos

Frost & Sullivan reconhece AeC pela entrega de valor aos clientes


 






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS