A era dos robôs: Ford, Lyft e Argo anunciam táxis autônomos

As três companhias pretendem lançar os veículos ainda em 2021

Foto: Unsplash

Os robôs estão (literalmente) dominando as estradas. É um fato: cada vez mais aumenta a quantidade de tecnologias na área de automação, sobretudo quando diz respeito à automóveis. Hoje, já convivemos com carros 100% automáticos, nos quais não é necessário nem mesmo dirigir. A pergunta que fica é: o que vem pela frente?

Bem, uma alternativa é trazer a automação para o transporte sem necessariamente ter a posse de um carro. A Ford e Argo IA se juntaram em uma parceria com a Lyft para a criação de algo inédito no mercado: um aplicativo de transporte com direção autônoma, ou seja, um “táxi” operado totalmente por robôs. E segundo as companhias, o objetivo é lançá-lo ainda em 2021.

“Você poderá ir de endereço a endereço, não serão rotas fixas”, explicou Bryan Salesky, CEO da Argo, em coletiva de imprensa após o anúncio da plataforma. “Será como um veículo que você pediria hoje, exceto que um robô estará dirigindo”, completa.

A era dos robôs: uma alternativa tecnológica e valiosa

De acordo comas corporações envolvidas, a chegada de uma plataforma voltada à direção autônoma vem para auxiliar os motoristas na adaptação à nova tecnologia, que será o futuro dos automóveis. “Realmente queremos ajudar os consumidores nesta transição para a tecnologia de direção autônoma como uma opção de transporte”, explicou Jody Kelman, chefe da unidade autônoma da Lyft na coletiva. “Achamos que a maneira mais fácil de um consumidor pensar nisso é que o preço seja o mesmo. É como qualquer outra corrida com a Lyft.”

Além de facilitar a adaptação, a alternativa também pretende apresentar a direção autônoma como forma viável de transporte nos Estados Unidos e, com a evolução tecnológica, espalhá-la pelo mundo. Isso evitaria demais gastos e terceirização com funcionários, assim como alguns dos problemas enfrentados com motoristas por usuários de aplicativos de transporte.

Para a produção dos veículos, a Argo recebeu US$ 3,6 bilhões em investimentos da Ford e da Volkswagen. A Lyft, que entra com a parte do aplicativo, ficará com 2,5% de participação.

Como funciona?

Ainda que a alternativa seja apresentada nesse ano, a estratégia das corporações é colocar o aplicativo e os carros em funcionamento a partir de 2023, com objetivo final de mil veículos em circulação em seis cidades estadunidenses, incluindo Washington.

De início, apenas 100 modelos híbridos estarão em funcionamento na plataforma, com direção autônoma da Ford Escape. As primeiras viagens terão acompanhamento de um motorista de reserva, para assumir o volante caso seja necessário, e um profissional para avaliação e monitoramento da tecnologia que conduz a operação.

Segundo a Lyft, os veículos só percorrerão rotas restritas e pré-aprovadas. A escolha do uso dos veículos autônomos será feita pelo usuário sem custo adicional.


+ Notícias

Ford lança perfume com cheiro de gasolina para saudosistas com modelos elétricos

De alguma forma, estes robôs farão parte da sua vida nos próximos anos




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS