Scaleup irá investir e ajudar novo modelo de negócios a valer R$ 1 milhão

Fundada pelo ex-executivo do Mercado Livre, instituição tem o objetivo de popularizar a educação para pequenos empreendedores

Foto: Tima Miroshnichenko/Pexels

A sua ideia de negócio vale R$ 1 milhão? Pois esta notícia é para você. A Scaleup, escola digital de negócios, abre em agosto as inscrições para uma nova turma e irá escolher entre os alunos um projeto para receber essa quantia milionária. O investimento será feito por meio de consultorias e mentorias, que terão a duração de 12 meses, e também pelo contato com parceiros e fornecedores, créditos em mídia, softwares e programas essenciais adequados ao tipo de negócio do empreendedor vencedor.  

Para participar, o candidato precisa ser um aluno matriculado da Scaleup e ter concluído um determinado conjunto de aulas, e assim ser elegível ao programa de aceleração. Ao preencher os critérios, o empreendedor poderá submeter sua ideia em um formulário, e sua proposta será avaliada pela Scaleup.

Educação e investimento: o caminho para o sucesso no empreendimento

Scaleup

Frederico Flores, CEO da Scaleup | Crédito: divulgação

Criada pelo ex-executivo e influencer Frederico Flores, a Scaleup surge com o objetivo de auxiliar no desenvolvimento de empreendedores, principalmente durante a pandemia, quando a vida útil de pequenas empresas foi drasticamente reduzida. 

De acordo com um levantamento realizado pelo IBGE, 716 mil empresas fecharam as portas desde o início da pandemia no Brasil. As 2,7 milhões de empresas que continuam abertas sentem as consequências da crise econômica agravada pela pandemia: 70% delas relataram diminuição de vendas ou serviços desde que a covid-19 chegou ao país, e mais de 948 mil tiveram que demitir trabalhadores durante esse período.

Para Frederico, um dos problemas para o sucesso das empresas é a educação. “Temos um país extremamente empreendedor, mas a falta de conhecimento e informações impede com que a maioria prospere nos negócios. A educação é muito importante, mas o empreendedorismo é ainda a melhor forma de ascensão social no Brasil”, explica. 

O empresário tem conhecimento de causa. Foi aos 15 anos que Frederico começou a empreender, vendendo cursos de DJ na internet. Hoje aos 33, vendeu duas empresas por mais de R$70 milhões, uma delas para o Mercado Livre, empresa onde foi executivo por quase 3 anos. Com a Scaleup, a expectativa é de que no fim do primeiro ano, o faturamento seja de R$ 10 mi, após um investimento de R$ 3 mi. Além disso, é esperado que até o fim de 2021, cerca de 4 mil alunos tenham se graduado em seu curso.

Saiba mais sobre o curso

Baseado em 5 pilares, o curso oferecido na Scaleup compreende tudo sobre o que toda grande empresa desenvolve para alcançar o sucesso. O primeiro pilar, Marketing & Vendas, os alunos conhecem todas as estratégias e técnicas para escalar as vendas e conquistar mais clientes utilizando a internet e ponto físico. Além disso, são apresentados às melhores táticas de precificação, como medir o retorno das ações de marketing e quais os melhores canais para investir.

Com o segundo pilar, Financeiro & Administrativo, as aulas apresentam de forma didática como planejar a parte financeira com a capacidade de realizar uma gestão eficiente, controlar o fluxo de caixa e criar uma reserva de capital, entre outras atividades. O terceiro é Gestão & Operação, cujo objetivo é criar e analisar uma estratégia de negócios, estruturar a operação com processos e sistemas eficientes, realizar uma gestão efetiva de projetos. Aqui os alunos também aprendem a delegar tarefas, gerenciar a produtividade, a performance e a cadeia logística da empresa.

Cultura & Pessoas é o quarto pilar, um ponto importante já que, segundo Frederico, as pessoas são a base de qualquer negócio de sucesso. Por isso as aulas são estruturadas em conhecer os principais estilos de liderança, a hora certa de contratar, as formas de identificar os melhores profissionais e como criar uma cultura de alta performance para atrair, motivar e reter talentos. O quinto pilar é Produto & Tecnologia. Nesta fase, os novos empreendedores vão conhecer sobre o processo de criar produtos que despertem o desejo de compra dos clientes, como expandir seu portfólio de ofertas, utilizar a tecnologia para economizar recursos e escalar seus resultados.

Vale ressaltar que a plataforma funciona como um MBA (Master in Business Administration) empreendedor, com conteúdo 100% digital e grades de estudo personalizadas, de acordo com a necessidade de cada aluno, e conta ainda com a presença de 30 mentores de startups de sucesso no Brasil, como Ifood, Hotel Urbano, Mercado Livre, Sympla, Movile, entre outros.


+ Notícias

Como empreender com legado e propósito social

6 Dicas de livros para quem quer empreender






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS