Conheça Sophia Utnick, filha de faxineira e uma das maiores empresárias de Nova York

A empresária dedica boa parte de sua renda em prol dos outros

Foto: Divulgação

Existe muita gente no mundo que acredita que algumas conquistas não passam de contos de fadas. No mundo corporativo, por exemplo, há quem creia que a promoção não é consequência do esforço ou da vontade de chegar lá. E há aqueles que batalham todos os dias, trabalham suas intenções e, eventualmente, conquistam o mundo. É o caso de uma das maiores empresárias dos Estados Unidos, Sophia Utnick.

Dona de uma das maiores empresas de distribuição de cerveja de Nova York e CEO da Miami Lawn Services LLC,  a empresária Sophia construiu sua carreira de maneira humilde. A mineira viu a mãe trabalhar como faxineira ao longo de anos e, com muito trabalho duro e estudos, conquistou seu próprio negócio.

“Hoje sou dona de uma empresa de distribuição de cerveja, junto com o meu marido, nós somos um dos maiores no ramo, em Nova York. Também somos donos de uma empresa de landscape, em Miami. Mas a raiz empreendedora veio de inspiração materna, já que ela foi uma das pioneiras das empresas de limpeza, em Boston”, explica.

De Minas Gerais para Nova York: a construção de um império de empatia

Nascida em Governador Valadares (Minas Gerais), Sophia partiu para o exterior quando ainda era criança ao lado da família, na década de 1980. No Brasil, a mãe dela era dona de um bar e partiu para os Estados Unidos em busca de uma melhor qualidade de vida. Ao chegar lá, trabalhou como faxineira — e Sophia, portanto, seguiu com seus estudos.

Ela conta que viu a mãe trabalhar duro para erguer condições para a família, em fábrica de chocolate, supermercados e faxinas. “Ela dormia quatro horas por dia”, explica Sophia. Tempos depois, houve uma mudança na atividade da mãe dela: a de ajudar brasileiros recém-chegados nos Estados Unidos.

“Desde então vários brasileiros que chegavam à cidade e não tinham lugar para morar recebiam da minha mãe uma ajuda. Ela se tornou uma referência para todos que se encontravam naquela situação. Para se ter uma ideia, teve época que 40 pessoas chegaram a morar dentro do simples apartamento dela. E, além de tudo isso, ela conseguia emprego para todos eles”, conta a empresária.

Essa situação foi o tiro de largada para que Sophia fosse atrás de seus próprios empreendimentos, sempre com a mente disposta a ajudar os outros. Aos poucos, ela criando seu próprio negócio ao lado do marido e, paralelamente, criou projetos que ajudassem brasileiros de inúmeras formas.

“Decidi ajudar artistas iniciantes com despesas da carreira e a fazer contatos no meio para crescer profissionalmente. Comecei a agenciar pessoas que ninguém daria oportunidade e hoje muitos já estão com a sua carreira em crescimento”, comenta. Na pandemia, Sophia criou a Utnick Production, produtora que já lançou músicas de artistas famosos: MC Lipinho Atrevido, Keila Ruama, Merson, DJ POP na Batida, da Love Funk, Danilo Bolado, MC Reizin e MC Abalo.

Inspiração para novas empresárias

empresárias

Foto: Divulgação

Essa escolha por ajudar, explica ela, vem justamente uma vantagem já antiga. “Em Minas Gerais, sempre ajudei a Instituição de Santa Luzia, que cuida de pessoas idosas com problemas mentais. A Casa das Meninas, por exemplo, em tempos antes da pandemia eu sempre alugava o trenzinho da alegria, para animar crianças e velhinhos”, lembra ela.

Após conquistar o mercado de distribuição de cerveja nos Estados Unidos, Utnick tem usado parte da renda para contribuir com quem realmente precisa. Durante a pandemia, a empresária conta que já doou mais de 500 cestas básicas. “É para ajudar famílias em vulnerabilidade social e reduzir os impactos do isolamento social na região”, explica.

Em Nova York, a empresária também trabalha com ações beneficentes em prol do tratamento de dependentes químicos. “São plantando sementes como essas que acredito que poderemos ter um futuro melhor para as próximas gerações”, comenta ela.

Desde a criação da Utnick Production e das demais ações feitas por Sophia, uma série de artistas teve a oportunidade de continuar na carreira da música, assim como inúmeros americanos dependentes químicos puderam se recuperar. No Brasil, ela segue ativamente contribuindo para ajudar as pessoas que passam por dificuldades e é fonte de inspiração para milhares de empresárias brasileiras que sonham com o sucesso de seus negócios.


+ Notícias

5 dicas do varejo internacional para empresários brasileiros

Chef ajuda pessoas a garantirem renda extra a partir de itens da cesta básica






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS