Como transformar o uso de dados em inteligência, de fato?

Para ser uma empresa pronta para o futuro, é preciso reunir pessoas, tecnologia, dados e inteligência. A Accenture revela como isso é possível

O uso de dados está cada vez mais disseminado mundo afora, nos mais variados segmentos de mercado. Porém, para que as empresas estejam prontas para o futuro, é urgente que essa utilização realmente resulte em inteligência – e isso significa mais do que a simples adoção de simples tecnologias disponíveis no mercado ou tentativas desconexas de aprimorar processos. O segredo está em um conjunto que reúne pessoas, tecnologia, o uso de dados e inteligência, como explica Paulo Junior, diretor de Operações e head de Business Transformation para Brasil e América Latina na Accenture.

O executivo esclarece que a união ideal entre esses fatores acontece a partir do SynOps,  um sistema de operações “homem-máquina” que otimiza os elementos mencionados, entregando resultados que, antes, não eram viáveis. Como afirma o executivo, o crescimento estratégico e sustentável é o objetivo de toda empresa focada no futuro. “Continuar a evoluir nos dias atuais, além de um grande desafio, é mais importante do que nunca”, diz. Foi esse o cenário que levou à criação dessa tecnologia.

Entenda mais sobre cenário no vídeo:


+ Notícias

Lideranças precisam dominar tecnologia e ambiente de mudança, segundo a Accenture

Depois de 18 meses de isolamento, o brasileiro volta a investir em lazer e diversão

As experiências das marcas na Olimpíada 2020: quem mexeu com o consumidor?


 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS