Nova plataforma do Itaú promete revolucionar a experiência de investir

O íon Itaú foi desenvolvido junto aos próprios clientes do banco, disponibiliza conteúdo sobre o mercado e até mesmo agrega carteiras de outras instituições

Foto: Divulgação Itaú

Em termos de educação financeira, investimento ainda é um assunto um tanto delicado para muitos brasileiros. Tornar essa relação mais prática e acessível é um desafio das instituições financeiras, que já está sendo colocado em prática. Um exemplo é a nova plataforma de investimentos do banco Itaú, chamada íon.

A campanha ganhou a TV brasileira nos últimos dias, mas a verdade é que a ferramenta já está disponível desde o final de 2020. Isso porque a empresa optou por um desenvolvimento ágil: lançou o MVP (menor produto viável) para alguns usuários e está lapidando as funcionalidades desde então baseada nos feedbacks dos investidores. Basicamente, os próprios clientes opinaram sobre as melhorias em sua experiência.

::::::::::::: Para mais conteúdos como este, assine a newsletter da Consumidor Moderno :::::::::::

O aplicativo tem um design diferenciado. Em vez de acessar uma grande lista de produtos disponíveis, comuns nas ferramentas do mercado, o usuário se depara com uma prateleira semelhante à home da Netflix, com destaques como “lançamentos” e “maiores rentabilidades”.

Para acompanhar as notícias do mercado, uma solicitação dos próprios clientes, o app conta com uma interface que lembra os feeds das redes sociais, com o intuito de tornar a experiência o mais amigável possível. As informações que impactam os investimentos também são dinâmicas e o acesso se parece com os stories do Instagram. Segundo a empresa, o setor financeiro serviu de inspiração, mas as principais vieram de ícones como Amazon, Google, WhatsApp, referências na usabilidade intuitiva.

CX de fora para dentro

No processo de lapidação da plataforma, a empresa recebeu mais de quatro mil feedbacks dos usuários. Desde que foi disponibilizado para o público, o app passou por mais de 14 atualizações para iOS e 17 para Android para dar lugar às melhorias e atualizações.

Saiba mais sobre a cocriação: uma ferramenta criativa de marcas para criar com o cliente no centro

Entre as solicitações, a principal delas foi a possibilidade de acessar diversas carteiras no mesmo lugar. O Itaú atendeu e assim o íon se tornou a primeira ferramenta do setor financeiro que conta com um agregador de investimentos, agrupando carteiras também de outras instituições. Os usuários conseguem visualizar até oito carteiras distintas, seja de diferentes contas do Itaú, de outros bancos e até de corretoras.

Fique por dentro das novidades sobre CX, assine já a newsletter da Consumidor Moderno!

Com a constante contribuição dos usuários, a empresa garante que o app está em constante transformação e nunca estará totalmente pronto. A personalização do conteúdo é uma das ambições, desenvolvendo a possibilidade do algoritmo entregar informações específicas sobre os produtos do cliente.

Atualmente, o app conta com 100 mil usuários e R$ 150 milhões em aplicações feitas diretamente pela plataforma. Ele ainda está disponível apenas para correntistas do Itaú, mas deve abrir as portas para correntistas de outros bancos até o ano que vem.

*Com informações da Neofeed


+ Notícias     

A tecnologia como aliada da privacidade

O passo a passo da consolidação digital da AeC

 

 






Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS