Beautytech personaliza seu serviço de assinaturas com uso de dados

O modelo baseado em inteligência artificial potencializa a conexão com o perfil das consumidoras e já garantiu 200% de crescimento para a beautytech

Foto: Divulgação UAUBox

O mercado de beleza está em grande transformação em todo o mundo. Novos players e tecnologias trazem inovação e vigor para o setor, gerando oportunidades. O Brasil é o quarto maior mercado consumidor do segmento, segundo pesquisa da Euromonitor International, e também tem exemplos de modelos de negócio que inovam o ecossistema. Uma beautytech de São Paulo tem se destacado nesse sentido.

É a startup UAUBox, um serviço de assinaturas de cosméticos que permite uma conexão diferenciada entre consumidoras e marcas. Enquanto as empresas podem conhecer melhor o perfil de suas clientes ideais, as assinantes passam por uma experiência diferenciada com a personalização de produtos.

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das novidades sobre a experiência do cliente

As caixas mensais são organizadas de acordo com o perfil de cada cliente a partir da inteligência de dados que a startup utiliza. Elas costumam conter de quatro a cinco cosméticos de marcas como Natura, The Body Shop, L’Occitane, Dailus, Eudora, entre outras. A empresa também envia uma revista explicativa sobre os produtos e garante à assinantes ao menos o dobro em itens em comparação ao valor que foi investido.

A personalização tem sido a aposta criar um diferencial na experiência das clientes. A empresa se guia por dados, com ferramentas de machine learning e Inteligência Artificial, assim consegue fazer com que as marcas ganhem mais agilidade e cheguem até a consumidora mais estratégica. As próprias clientes também respondem pesquisas de tempos em tempos para garantir a customização. “Sempre gostamos da tendência de personalização e estamos utilizando a tecnologia para entregar os produtos ideais para as assinantes ideais”, explica Guilherme Brunhole, CEO e fundador da UAUBox.

Crescimento

O modelo tem mostrado resultados. Em 2021, a empresa registrou um crescimento de 200% em suas assinaturas em relação ao ano anterior e, apenas em 2020, atingiu R$17 milhões de faturamento. A expectativa para esse ano é chegar a R$35 milhões. “Tudo o que crescemos até hoje foi com nossos próprios recursos. Já enviamos um acumulado de mais de 500 mil boxes, somando cerca de 2,2 milhões de produtos e impactamos mais de 130 mil mulheres”, destaca Brunhole.

Assine já a newsletter da Consumidor Moderno!

A startup procura levar às consumidoras os princípios que a guiam – autoestima, conhecimento e empoderamento. “Vemos que nosso mercado ainda tem muito a ser desbravado e é exatamente isso que pretendemos fazer. Hoje não somos apenas um clube de assinaturas, mas sim uma plataforma de beleza tanto para as mulheres quanto para as nossas marcas parceiras ampliarem suas vendas”, finaliza o CEO da UAUBox.


+ Notícias 

Câmara aprova prazo para a troca de itens compras na internet

Comércio eletrônico: a nova fronteira das regras sobre os rótulos dos produtos




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS