Prêmio Conarec 2021 reconhece os melhores do ano em dia histórico

“A humanidade prevaleceu, não somos só bits”, celebrou Roberto Meir, CEO do Grupo Padrão em discurso de abertura da premiação

Roberto Meir, CEO do Grupo Padrão, durante discurso | Foto: Douglas Luccena

Foi em clima de celebração da retomada pós-pandemia do novo coronavírus – e cercado pelos principais CEOs e líderes decisores do país, que o Prêmio Conarec 2021 reconheceu nesta terça-feira, 09, no Transamérica Expo Center, em São Paulo, os melhores profissionais, companhias, empresas contratantes, CPOs e parceiros e Fornecedores de Soluções do ano.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente

E foi um dia histórico, como bem apontou Roberto Meir, CEO do Grupo Padrão, durante seu discurso de abertura da premiação. “Abrimos esse Conarec felizes que todos estão com muita saúde. Um momento histórico, de volta ao convívio, em um dia em que São Paulo não apresentou nenhum caso fatal de coronavírus”.

De fato, vivemos um momento histórico. Após 20 meses de isolamento social, não só nossas relações pessoais precisaram ser redesenhadas, mas no mundo corporativo, foi necessário redescobrir a melhor forma de atender o cliente. Foi um momento desafiador, mas, “a humanidade prevaleceu”, celebrou Meir, “não somos só bits”.

E o Conarec volta em grande estilo. “Chegamos até aqui, com profissionais que conseguiram se superar, que souberam ser resilientes e deram a volta por cima, entregando o CX pro cliente. Principalmente quando sabemos que nada substitui o calor humano. Essa crença faz parte do nosso DNA. Nós sempre buscamos conectar pessoas, ideias e causas”, garantiu o CEO.

E é com a proposta de expor as melhores práticas, ideias, debates e cases que o Conarec reúne nos próximos dois dias 95 CEOs e mais de 280 palestrantes em 85 painéis, divididos entre as 5 salas digitais e presenciais do congresso.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente

“Temos um conjunto notável de cases e melhores práticas que resultaram no aumento do NPS e da grande capacidade de entender o consumidor em permanente mutação. As empresas souberam usar os canais digitais como poucos, e souberam escrever a jornada do cliente com toque humano”, comenta Meir. “E é sobre valor que vamos falar todos os dias, inestimável de cada contato, da troca. Eu tenho certeza que hoje estamos dando um passo extraordinário na evolução para mostrar que o melhor algoritmo está na capacidade de viver e valorizar o quanto somos maravilhosamente humanos e imperfeitos”.


+ Notícias

Confira o Panorama Brasileiro de Atendimento Digital, que elegeu as empresas vencedoras do Prêmio Conarec

O consumidor hackeado é um motor de disrupção




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS