Experiência

Congelamento dos preços: o caminho do Carrefour para demonstrar respeito ao cliente

O consumidor está vivendo um momento diferente e espera, além de conexão mais próxima, apoio por parte das marcas. Pesquisas realizadas ao longo da pandemia mostram que, nesse tempo, ocorreu um processo de reflexão dos valores prioritários. Agora, além de se preocuparem mais com o outro e com o meio ambiente, as pessoas desejam tomar decisões consumeristas que considerem responsáveis. De acordo com a GfK, 48% dos consumidores, em nível mundial, consideram questões ambientais antes de fazer uma compra. Já a Accenture, afirma que 57% deles preferem fechar negócio com empresas que mostram boa resposta à pandemia e às questões econômicas e sociais.

Compreender essas novas necessidades e criar ações para atendê-las na prática se tornou um dever das marcas que desejam oferecer boas experiências e mostrar respeito ao cliente. Nesse caminho, o Carrefour entendeu o momento de impacto direto da alta inflação nos gastos em supermercados como oportuno para reafirmar o seu compromisso com os brasileiros e congelou o preço dos produtos de marca própria até o dia 10 de janeiro de 2021.

“Oferecer produtos de qualidade a preços acessíveis sempre fez parte da estratégia do Grupo Carrefour. Queremos que o consumidor possa economizar sem abrir mão da qualidade dos produtos, e a marca própria permite isso. Estamos fazendo dela um vetor de democratização para os consumidores”, afirma Allan Gate, Diretor de Marcas Próprias do Carrefour sobre a ação que aumenta o acesso à compra.

Todas as categorias fazem parte do congelamento dos preços, que contempla as marcas Carrefour, Viver, Carrefour Bio, Veggie, Care, Classic, Sabor & Qualidade, Selection, Soft, Men, My Baby, Home, entre outras. Tal variedade inclui itens essenciais para o dia a dia das pessoas, como arroz, feijão, leite e produtos de higiene. Para facilitar a identificação, os produtos estarão sinalizados com um selo exclusivo.

A ação não é inédita. No mês de abril, com o mesmo objetivo de apoiar os clientes no momento de economia instável devido à pandemia, o Carrefour ofereceu uma lista de 11 produtos essenciais vendidos a preços mais baixos. O desconto em alguns itens chegou a 30%.

Muito além do preço

Claro que o preço faz grande diferença na vida do consumidor, mas a estratégia de apoio ao cliente, por meio dos itens de marca própria, vai muito além. Tudo começa pela preocupação com a qualidade dos produtos finais e, para isso, há um rigoroso processo de auditorias das indústrias terceirizadas.

“Garantimos que tudo esteja dentro do padrão estabelecido pelo Grupo Carrefour mundialmente. Existe todo um acompanhamento feito pelo time de qualidade, que olha desde a origem do produto, responsabilidade social e ambiental das indústrias contratadas, até segurança e saúde no trabalho dos colaboradores”, explica Allan Gate.

Além disso, os produtos são lançados a partir da escuta e entendimento das necessidades dos consumidores. Nesse caminho, investindo na marca própria, o Carrefour investe no cliente e, consequentemente, dá a maior prova de respeito a ele. Com a marca própria, o Carrefour oferece mais alternativas para o consumidor e o ajuda a complementar suas necessidades em diversos momentos de sua jornada.


+ Notícias

Iniciativa une players do setor alimentício para combater a fome no Brasil

Minhas recompensas: Conheça nova estratégia de relacionamento e experiência do Carrefour

5 empresas que mais praticaram inovação aberta no varejo


 

Larissa Sant'Ana

Postagens recentes

Insatisfeita, Geração Z quer mudar cultura corporativa por dentro

Confira 10 empregos mais bem avaliados pela Geração Z e diferenças para os mais velhos

7 horas ago

Quais são as marcas mais admiradas pelos clientes

Pesquisa da Ibevar/FIA elencou as marcas mais admiradas pelos consumidores brasileiros e também por colaboradores

8 horas ago

Como os líderes podem incentivar o trabalho em equipe de qualidade

Segundo especialista da Fundação Dom Cabral é preciso investir em comunicação e criar um ambiente…

9 horas ago

Planos de saúde: como fica os tratamentos fora do rol da ANS?

Tribunais autorizam tratamentos fora do rol da ANS, apesar de decisão do STJ; PL ainda…

10 horas ago

A Avianca e a meticulosa arte de arruinar sua viagem em seis passos

Confira o relato da colunista Evelyn Rozenbaum sobre uma experiência decepcionante com a Avianca, em…

10 horas ago

10 anos de League of Legends: CEO da Riot Games comenta estratégia de CX da marca

Saiba como a gigante dos jogos online trabalha a experiência do usuário em todas as…

11 horas ago

Esse website utiliza cookies.

Mais informação