Casas Bahia une-se à Favela Brasil Express para melhorar a logística em Paraisópolis

O projeto garante a entrega de produtos do e-commerce a moradores da favela de Paraisópolis, na Zona Sul de São Paulo

Foto: Paraisópolis / Shutterstock

Ser inclusivo, responsável e sustentável, ou seja, desenvolver de verdade os pilares agenda ESG, é mais do que apenas lançar uma promessa; significa fazer acontecer. Palavras, é claro, têm seu mérito na vida das pessoas, mas são as ações que realmente contam para o cliente — especialmente aquelas que tem como finalidade o impacto na sociedade, que no caso do consumidor brasileiro, é algo de suma importância. Entretanto, mais do que promover ações, uma maneira simples e eficiente de ser responsável perante a sociedade e respeitoso com o consumidor é atendê-lo onde ele necessita, de onde quer que ele venha. E uma das empresas que de fato colocou a mão na massa nos últimos tempos para cumprir essa missão foi a Casas Bahia, que se uniu à startup Favela Express e G10 Favelas para atender ao público de Paraisópolis, localizada na Zona Sul São Paulo.

A partir desta terça-feira (15), a loja cederá seu estacionamento da loja mais próxima à favela para que ele funcione como um hub logístico da startup na região. “Este é um passo importante dado pela Via e a Casas Bahia, primeiro por estarmos sempre buscando dar a melhor experiência para o cliente e, segundo, por queremos colaborar para dar visibilidade a um projeto importante como este desenvolvido pelo G10 Favelas que democratiza a logística para quem vive em comunidades como Paraisópolis. A partir dessa iniciativa, estudaremos ampliar para regiões como Heliópolis e Diadema”, destaca Daniel Ribeiro, diretor de Logística da Via, mantenedora da Casas Bahia.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente

Visibilidade e acessibilidade da favela ao condomínio

Para quem mora em áreas afastadas ou em favelas, todo o processo para receber encomendas é modificado. Diferente do conforto de receber em casa, esse público tinha antes apenas duas opções: retirar na loja — que normalmente é distante de casa — ou em agências de Correios, o que é igualmente dificultado. A região, além de afastada, conta com uma grande parcela do público da varejista, com mais de 100 mil moradores.

Assim, por meio do hub, as iniciativas de entrega para Paraisópolis serão mais rápidas para produtos adquiridos pelo site e aplicativo da Casas Bahia. Para que a entrega seja eficiente, a Via estruturou toda a área do estacionamento com equipamentos, máquinas e o material necessário para que a equipe da Favela Brasil Xpress consiga trabalhar e atender ao público de Paraisópolis.

De início, o projeto entregará somente itens de pequeno porte, com até 30kg. A logística foi preparada para que a entrega em domicílio seja realizada em até dois dias úteis. “Com a parceria das Casas Bahia, iremos conseguir ampliar nosso atendimento e entrega dos pacotes aos moradores de Paraisópolis, assim proporcionando ainda mais facilidade e agilidade para quem compra pela internet”, afirma Giva Pereira, criador do Favela Brasil Xpress.

O executivo afirma que o projeto já gerou mais de 300 empregos e todos são moradores de Paraisópolis. O sucesso é estrondoso: no dia 27 de novembro de 2021, ou seja, pico de vendas da Black Friday, foram feitas 16 mil entregas na região, somando mais de 7 milhões de valor em mercadorias.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente


+ Notícias

A economia compartilhada também está na favela e na periferia
Convênio estimula franquias em favelas




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS