Como tornar a cobrança parte de uma boa experiência para o consumidor

O cenário de inadimplência no Brasil ampliou a demanda por assessorias de cobrança. Entenda por que esse serviço é estratégico

Devido à crise financeira causada pela pandemia de COVID-19, o índice de pessoas endividadas no Brasil atingiu percentuais preocupantes. Em junho de 2021, o número bateu recorde, alcançando a marca de 70% de brasileiros com alguma pendência financeira, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic). Esse foi o maior percentual desde o ano de 2010. Consequentemente, com a alta da inadimplência, o serviço de cobrança se tornou ainda mais necessário, principalmente para as empresas que possuem uma alta demanda e desejam permanecer financeiramente saudáveis no mercado.

Dessa maneira, a procura por uma assessoria de cobrança aumentou significativamente. O crescimento percebido pela Meireles e Freitas, empresa consolidada no mercado de gestão de recebíveis há mais de 30 anos, comprova: houve um aumento de mais de 160% da busca pela terceirização do serviço de cobrança, somente no primeiro trimestre do ano de 2021.

Em consequência disso, a MF buscou se adaptar para oferecer o melhor em questões de recebíveis e cobrança para os seus clientes, seguindo as tendências de mercado, lançando novos produtos que auxiliam nas operações e entendendo as principais dores de cada cliente diante da nova realidade do país.

Estratégia sobre a demanda

A preocupação e antecipação da Meireles e Freitas em se adaptar às atuais necessidades dos seus clientes gerou resultados. A empresa ofereceu inovações, tanto em plataformas como em serviços, e uma maior diversidade de estratégias para o seu público e atingiu um crescimento de 205% até o terceiro trimestre do ano de 2021 em faturamento.

Não se permitindo realizar apenas o tradicional, a Meireles e Freitas atua desde a cobrança digital preventiva, operando nas primeiras faixas de atraso onde não se faz necessária a interação humana até a cobrança híbrida onde é possível atrelar o digital aos operadores, ou seja, os robôs aos atendentes humanos, e dessa forma segmentar quais operações podem ser realizadas somentes por agentes virtuais e chatbots e quais necessitam da atuação humana, tornando os procedimentos mais práticos e produtivos. E consequentemente, conseguindo uma maior conversão nas operações ao oferecer o atendimento que melhor se encaixa para cada fase da régua de cobrança dos clientes, obtendo um crescimento de 22% em relação às negociações do semestre anterior, mesmo durante um período de grande instabilidade financeira no país devido a alta da inadimplência.

Além do atendimento digital e híbrido, a Meireles e Freitas também oferece um atendimento ainda mais especializado, ou seja, uma cobrança mais próxima realizada por profissionais que possuem uma vasta experiência e trabalham nessa área há bastante tempo e consequentemente atuam na área de cobranças com maiores ticket médios e que apresentam uma maior complexidade.

Atualização

Diante da necessidade de redução de custos do mercado, a Meireles e Freitas optou por atualizar a sua modalidade de cobrança externa especializada. Um exemplo nesse sentido é o trabalho realizado com um grupo de energia do País, que realizava a cobrança externa através de dois grupos: o primeiro era formado por operadores externos que efetuavam avisos e cobranças; o segundo realizava o corte da energia em si.

Porém, durante a pandemia, houve a necessidade de alterar esses processos. A Meireles e Freitas montou uma operação diferenciada, a partir da qual o operador não somente realiza o corte de energia, mas também a cobrança e a negociação, tudo de forma presencial, conseguindo na maioria das vezes estabelecer uma negociação justa para ambas as partes e consequentemente reduzir os custos de corte, conseguindo uma redução de custos na operação.

Engajamento

Todas essas adaptações em busca de oferecer o melhor para os clientes e se adequar ao mercado de forma que seja possível alcançar resultados positivos só se torna viável porque existe um time engajado que compõe a Meireles e Freitas Cobrança Digital. Uma equipe de pessoas que buscam e lutam pelos mesmos propósitos. E isso mais uma vez se comprovou no ano de 2021 quando a empresa, novamente, participou de importantes premiações, sendo a segunda melhor empresa para se trabalhar no Ceará e a sétima melhor empresa para se trabalhar no Brasil de acordo com o Great Place To Work, assim como um lugar incrível para trabalhar segundo o prêmio FIA 2021. Essa soma de esforços e dedicação se mostram diretamente ligados ao grande sucesso da Meireles e Freitas entre as assessorias de cobrança, fazendo com que ela ocupe o primeiro lugar em diferentes rankings de empresas parceiras.

Venâncio Freitas, CEO da Meireles e Freitas Cobrança Digital, ressalta a importância de as empresas estarem preparadas para os novos desafios de mercado e como uma assessoria de cobrança especializada pode ser fundamental durante esse momento. “Com esse aumento expressivo de clientes inadimplentes, contar com o auxílio de uma gestão de cobrança especializada faz toda a diferença para empresas que buscam redução de custos e de inadimplência. Tendo ciência dessa importância, a Meireles e Freitas se dedica arduamente para concretizar todas as necessidades do cliente e uma prova disso, é que tivemos um crescimento de 75% de faturamento apenas com novos clientes em 2021”, afirma o executivo.

*Consumidor Moderno em colaboração com a Meireles e Freitas

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente


+Notícias

Como fazer um mapa da jornada do cliente em 7 passos

As tendências de CX no atendimento pelo WhatsApp e apps de mensagem




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS