Dia internacional da mulher: a importância da gestão de tempo no “trabalho invisível”

Jennifer de Paula, BBA e diretora da MF Press Global, comenta a realidade de acúmulo de responsabilidades na rotina feminina

Foto: Pexels

O Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, é importante não só para a celebração do feminino, como também para relembrar as constantes lutas por direitos e igualdade que causaram mudanças significativas ao longo da história. Mesmo com todo o progresso feito, ainda há um longo caminho a percorrer e, atualmente, a realidade é que a mulher acumula diversas funções que exigem um gerenciamento de tempo complexo.

“Na maioria das vezes em que falamos em gestão de tempo, focamos apenas em uma boa organização dos trabalhos formais. Mas a comida para a família, a roupa lavada, as crianças de banho tomado entre diversas outras tarefas se enquadram no que chamamos de “trabalho invisível”, aquele que ninguém reconhece, mas quando não feito, percebem a importância”, explica a BBAe diretora da MF Press Global, Jennifer de Paula.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente  

Sobrecarga para a mulher e responsabilidades

De acordo com ela, o mundo, sem a execução dessas que parecem simples funções, se transformaria em um verdadeiro caos e essa palavra pode resumir o que essa sobrecarga pode trazer como consequência para o dia a dia de uma mulher que carrega a responsabilidade de executar variados trabalhos. Por isso, Jennifer preparou uma lista de dicas de como gerenciar melhor o tempo com ideias criativas.

Dica 01 – Transforme sua casa em uma empresa delegando funções, onde todos trabalhem juntos para um bom funcionamento.

Dica 02 – Pratique com mini palestras, compartilhando sua experiência diária. Mostre com números, gráficos, desenhos o quando trabalha e como podem ser divididas as tarefas.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente  

Dica 03 – Assim como numa empresa, ninguém fica sem ocupações. Desde um simples guardar brinquedos ou arrumar a cama para os mais jovens, como um secar e guardar a louça para os mais velhos.

Dica 04 – Existem cobranças e cargos numa empresa e todos sabem quais são os seus papéis, logo, nos afazeres de casa precisa ser igual. Seja a chefe e ao invés de “fazer tudo sozinha”, diga mesmo que pareça chato no início, que aquela tarefa não é sua responsabilidade.

Dica 05 – “Familiar do Mês” – Determine pagamentos e bonificações quando merecido. Isso fará com que as tarefas sejam executadas com mais estímulos, mas não faça disso uma moeda de troca e deixe claro que se tratam de “obrigações em conjunto”.

Leia mais: Apesar das conquistas das mulheres, busca por equivalência no mercado continua

Dica 06 – Não force a barra e utilize a estratégia de “mostrar o seu valor”. Ao invés de se culpar por não dar conta de tudo sozinha, experimente utilizar uma tarde para cuidar do cabelo no lugar da faxina. Deixe a roupa favorita por mais alguns dias no cesto de roupa suja, troque a sobremesa demorada por um capítulo de série e seja feliz.


+ Notícias

Seis dicas de leitura de mulheres líderes e empreendedoras

Liderança feminina: o estilo colaborativo da CEO da Sephora 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS