Seis dicas de leitura de mulheres líderes e empreendedoras

Com a chegada do Dia Internacional da Mulher, apresentamos algumas inspirações de leitura de mulheres líderes e empreendedoras

Para celebrar o Dia Internacional da Mulher (08/03), trazemos algumas dicas de leitura para mulheres líderes e empreendedoras (e homens também) sobre startups, negócios sociais, soluções práticas e conceitos que servem como inspiração na construção do pensamento disruptivo e empreendedor.

As indicações são de seis executivas que estão à frente de negócios que impactaram decisivamente nosso mercado e a vida de consumidores no Brasil. Confira!

Boa ideia sem execução não leva ninguém a lugar nenhumLeitura_mulheres

Renata Zanuto, co-head do Cubo Itaú, hub de empreendedorismo

“Um dos livros que sempre indico é o ‘Startup: Manual do Empreendedor’, do Steve Blank e Bob Dorf. Considerado o papa do empreendedorismo, Steve Blank traz, junto a Bob Dorf, o conceito de que uma boa ideia sem execução não leva ninguém a lugar nenhum. Segundo os escritores, ideias surgem todos os dias, mas não são elas que levam ao sucesso ou ao fracasso. A primeira coisa a ser levada em consideração é se ela endereça uma necessidade real de um cliente, seja ele uma pessoa ou uma empresa, e se esse mesmo cliente está disposto a pagar pela solução proposta. Este é um guia bem completo para quem pensa em ingressar nesse universo de startups. Aliás, o Steve Blank tem uma série de ferramentas para serem utilizadas desde o começo de sua startup e durante toda a jornada”.

Filosofia e negócios sociaisleitira_milheres

Simone Ponce, VP de Negócios e co-fundadora da Eats for You, startup que conecta donas e donos de casa que amam cozinhar com pessoas que querem garantir uma alimentação caseira de forma rápida e fácil.

“Estou relendo o livro ‘Criando um Negócio Social’, do Muhammad Yunus, que, além de ter recebido o prêmio Nobel da Paz, é reconhecido por sua contribuição ao mundo com a filosofia de negócios sociais. O livro traz como proposta a construção de um capitalismo que serve aos problemas mais proeminentes do mundo e se conecta com a minha história, pois trago no meu DNA a função de ‘arquiteta de soluções de negócio para impacto coletivo’. Optei por reler o livro por entender que as necessidades sociais são urgentes e precisamos cada vez mais ter discussões estruturais e edificantes”.

Leia mais: Mulheres avançam no setor de tecnologia e se tornam mão de obra qualificada

Testar sempre para gerar aprendizadoleitura_mulheres

Sandra Mortari, COO e Co-fundadora da Let’s Delivery, ferramenta SaaS para a gestão de plataformas de delivery no mercado (iFood, Rappi, 99Food, Delivery Direto e Goomer, entre outras).

“Indico, ‘A Startup Enxuta’, de Eric Ries. Nos inspiramos nesta obra para criar a Let’s Delivery, uma startup possível, enxuta em todos os processos, disposta a testar sempre e de forma ágil para gerar aprendizado com foco na resolução das necessidades do cliente. Tenho na minha cabeceira e sempre que me deparo com problemas pontuais, busco nele alguns insights”.

 

 

 

Propósito alinhado ao sucessoLeitura_mulheres

Ivna Góis, Head de Marketing na Hublocal, startup que faz com que as empresas tenham maior presença digital com potenciais clientes.

“Vou recomendar o livro, ‘Comece pelo porquê’, do Simon Sinek. Esse livro tem um significado importante e me surpreendeu. Com uma abordagem que trata principalmente sobre liderança, influência e atitude, o ‘Comece pelo porquê’ trouxe ensinamentos importantes a respeito de crenças, propósito e sucesso”.

 

Inspiração de trajetória e liderançaLeitura_mulheres

Viviane Kuaye, Head de People na Marvin, plataforma que simplifica a relação de pagamento entre fornecedores e varejistas, viabilizando a indústria a vender mais sem ter que assumir o risco de crédito do cliente.

“Há um tempo li o livro ‘A Regra é Não ter Regras’ e agora terminei de ler o ‘Powerful’. Os conceitos práticos são parecidos, mas gostei muito da forma como a Patty McCord, em ‘Powerful’, narra sua passagem como executiva. Uma inspiração de trajetória e liderança. Leitura fácil, leve e bem prazerosa. Ela traz ótimas provocações, com exemplos reais, dicas práticas, com muita atitude e coragem, que nos leva a refletir sobre diversos comportamentos, principalmente sobre liberdade e responsabilidade. Quando as pessoas sentem que têm mais poder, mais controle sobre as suas carreiras, se sentem mais encorajados e confiantes. Mais confiança para se posicionar, se recompor de erros, assumir mais compromissos e responsabilidades. É uma relação de abertura e honestidade, mais leve e genuína, longe do comando e controle e da relação de poder/ medo.”

 

Transformar desvantagens em vantagensLeitura_mulheres

Renata Nilsson, CEO e fundadora da PX Ativos Judiciais, empresa que trabalha com aquisição de créditos judiciais.

“Minha dica é, ‘Davi e Golias’ de Malcolm Gladwell, foi um livro que me estimulou a enxergar situações de ângulos diferentes e transformar desvantagens em vantagens. Muitas vezes o que enxergamos como desvantagem é também aquilo que nos destaca no mundo, por isso, acho essencial para qualquer um que queira empreender ler esse livro. Nele eu vi que empreender envolve muito mais do que assumir a liderança de um negócio, é ser seu próprio chefe e líder, é ser inspiração para os demais, é ser exemplo e responsável por várias famílias, é acreditar quando ninguém mais o faz.”

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente  


+ Notícias

Gestão do futuro: qual é o papel dos gerentes no ambiente de trabalho pós-Covid? 

Como a sua empresa cuida de quem cuida do cliente? 

 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS