Twitch investe em experiência aprimorada de segurança

Segurança e o universo das redes sociais: plataformas, marcas e consumidores não podem mais negligenciar o tema no afã de ser hype

Foto: Pexels

O futuro é desafiador quando o assunto é segurança e redes sociais. Empresas, marcas e consumidores devem estar atentos a este quesito muitas vezes negligenciado no afã de ser hype.

Nessa corrida, as consequências podem ser dolorosas. Por isso, a segurança nas redes sociais tem tomado contornos significativos nos últimos tempos.

Prova disso é a iniciativa mais recente da plataforma Twitch, que agora conta com um processo de geração de denúncias mais intuitivo e um portal de apelações simplificado.

A empresa informa que a partir da próxima semana começará a implementar um processo de geração de denúncias atualizado, com base no feedback dos usuários, e desenvolvido de forma simples e intuitiva para o envio de denúncias.

Segundo a empresa, ao preencher uma denúncia, será solicitado que o usuário selecione o motivo e inclua o máximo possível de informações e o contexto. Tudo para ajudar a equipe da plataforma a processar essa denúncia de forma rápida e eficaz.

Inicialmente, a ferramenta estará disponível apenas para usuários da Web e em breve para dispositivos móveis.

Segurança e portal de apelações

Enquanto isso, um novo portal de apelações já está no ar, oferecendo a todos os usuários da Twitch maior clareza e controle sobre o processo de apelação. Segunda a empresa, essa foi uma ferramenta altamente solicitada pelos criadores de conteúdo.

A rede social também informa que uma equipe analisa cuidadosamente as denúncias recebidas e assume um padrão elevado quando considera a emissão de intervenções, mas, alerta que os casos podem ser complexos e altamente diferenciado – por isso a plataforma reforça a importância do contexto na denúncia. Para saber ais sobre a novidade acesse o comunicado completo aqui.

Mais segurança no universo de redes

Realmente a segurança é o novo desafio das redes sociais. A tendência é que os usuários estejam cada vez mais exigentes e atentos quanto ao tratamento de seus dados e, principalmente, sobre conteúdos que ferem direitos e tenha conotação discriminatória. TikTok foi umas das redes que alterou sua política de segurança na luta contra a transfobia, por exemplo.

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), que entrou em vigor em 2020, está aí e é a maior prova de que este ambiente requer cuidados e atenção. A LGPD exige maior transparência para a captação e tratamento dos dados no universo digital, o que inclui as redes sociais.

Leia mais: Elas estão de olho! Saiba como proteger seus dados nas redes sociais

Marcas e redes sociais têm novos desafios

Outro ponto que valei destacar sobre o tema é o cuidado que as marcas precisam ter neste ambiente. De acordo com um estudo realizado pela empresa de armazenamento, pCloud, 79% das informações pessoais salvas pelo Instagram são enviadas para empresas anunciantes. O mesmo ocorre com a rede social fundada por Mark Zuckerberg, que direciona 53% das informações de seus usuários para companhias parceiras.

No entanto, no ano passado foram descobertas mais de 210 mil contas falsas de empresas no Instagram, Facebook e outras redes sociais. A reportagem da CM apurou alguns casos numa matéria bem robusta sobre o tema.

Segurança está diretamente relacionado à experiência

Com a transformação das redes sociais como principal canal de comunicação e relacionamento das marcas, há um cenário onde o fator segurança neste ambiente está diretamente relacionado à experiência do cliente e ao valor de marca.

O que dizer então de novos ambientes digitais como o metaverso? Na urgência das marcas entrarem nessa nova onda de criação de experiências, a segurança muita vezes é colocada em segundo plano. Sendo uma nova oportunidade para atrai clientes é justamente a cibersegurança o fator crítico das novas tecnologias.

Para o consumidor existe a oportunidade de conhecer a marca e seus produtos em um novo ambiente, com novas possibilidades de consumo – para criminosos digitais uma nova oportunidade de acesso a informações.

Por fim, é fato que estamos vivendo um tempo de avanços digitais significativos para os negócios, Por outro lado, as responsabilidades de quem utiliza dados digitais e, por meio dessas informações consegue relevância digital, deve ser avaliada com cuidado, assim como a segurança dos serviços ofertados neste ambiente. Para marcas e consumidores as oportunidades são imensas – e os riscos também.

Dentro do universo das redes sociais todos nós devemos criar novos hábitos. Um novo approach e entendimento de responsabilidades que não apenas a exposição a qualquer custo, mas sim, a qualidade da informação e, sobretudo, a segurança dentro dessas comunidades digitais. Lembrando, que uma jornada de relacionamento de sucesso com marcas – seja qual for seu core business – parte do princípio da confiança.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente 


+ Notícias

As principais tendências de cibersegurança em 2022 

Site da Americanas fora do ar: qual o impacto para o consumidor? 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS