Com foco na experiência presencial, marca baiana de eletroeletrônicos cresce 65%

AMVOX segue aumentando sua presença no mercado após amplo trabalho de atendimento em lojas físicas e nas redes sociais

Climatizadores, air fryers, fornos e ferros elétricos, cafeteiras, máquinas de costura e muitos outros eletroeletrônicos compõem o menu de produtos da AMVOX. Mas os produtos que mais vêm fazendo barulho no mercado são suas caixas de som, na mira de ouvintes exigentes que não admitem perder, por exemplo, as faixas graves de áudio – as mais difíceis de amplificar. Mas o encantamento não fica só no produto: a estratégia da AMVOX passa por uma intensa presença no ambiente físico.

O diferencial da empresa baiana, com história que soma mais de 18 anos de atuação, sempre foi a presença da equipe de promotores da marca dentro das lojas de diferentes parceiros. Colaboradores que destacam os diferenciais de seus produtos e auxiliam o consumidor por meio de um atendimento mais próximo e personalizado.

“Essa proximidade faz total diferença, especialmente quando falamos de equipamentos de som. Nas lojas físicas podemos, inclusive, fazer o comparativo entre os produtos AMVOX e os da concorrência. Quem não abre mão de musicar momentos felizes entre a família e amigos, quase sempre quer entender o potencial do áudio desse tipo de produto, na prática”, avalia o Diretor-Executivo, Guilherme Santos.

Na contramão da crise, a companhia, que cresceu 65% em 2020, segue colhendo os frutos das ações iniciadas após março daquele ano e comemora os resultados de 2021 com mais 35% de crescimento. Resultado do investimento maciço em tecnologia para manter o ritmo de aceleração. O capital aplicado foi de US$ 2 milhões no total.

“Queremos que o consumidor, na hora em que liga o som, tenha certeza de que o da AMVOX é o melhor. Eu também sou músico, baterista, e entendo a diferença de proporcionar às pessoas a possibilidade de realizar os testes e tirar todas as dúvidas com alguém habilitado a explicar e sugerir o mais adequado às suas necessidades”, reitera o executivo.

Durante a pandemia, a Amvox realizou um evento virtual beneficente gravado aos pés do Cristo Redentor. Foi a primeira vez que um evento do tipo foi realizado nesse ponto turístico/Crédito: Amvox

Humanização e pós-vendas

Lucas Souza, Gerente Nacional de Pós-Vendas, ressalta a importância do uso da tecnologia dos robôs como facilitador na interação humana entre a marca e os clientes. Muitos casos podem ser sanados com os bots, agindo como um filtro de demandas mais complexas. Aproximadamente 40% das ocorrências do whatsapp são sanadas diretamente pela Ura. Isso torna possível focar de modo individualizado e humano nos casos que necessitem de uma maior intervenção.

Além disso, ele conta que, entre as estratégias responsáveis pelo encantamento dos consumidores, estão ações de pesquisas promovidas pelo setor de Customer Experience da companhia. “Promovemos levantamentos junto a nossos consumidores finais com freqüência. Após ouvi-los, recebemos insights valiosos, a exemplo do nosso horário de funcionamento. Antes, não funcionávamos à noite, nem aos sábados, agora, com a nova adaptação, estamos subindo nossos índices de satisfação, Isso tudo é sobre entender o comportamento da nossa audiência”, reitera.

Pensando na otmização do atendimento a Amvox oferece o autoservico, canal onde o cliente pode solicitar a coleta de seu produto diretamente no site, sem necessidade de falar com qualquer atendente. O pós-vendas da AMVOX também oferece atendimento exclusivo para as pessoas com deficiência auditiva, desenvolvido com especialistas em Libras.

Na vanguarda do WhatsApp

De dois anos para cá, o setor de atendimento vem focando com mais ênfase nas facilidades geradas no relacionamento com o consumidor após migrarem para o WhatsApp. Mas a marca baiana já ocupava esse terreno faz tempo.

“Fomos a primeira indústria do País, lá em 2014, a incluir o WhatsApp em nosso parque tecnológico de comunicações. 70% do nosso atendimento é feito por lá porque identificamos, desde o começo, que nossos consumidores se engajavam muito com o atendimento instantâneo”, explica Lucas. “O tempo de atendimento e o acompanhamento individual de cada cliente é valioso para nós, porque tratamos com pessoas como todas as outras, com alegrias, tristezas e necessidades semelhantes a todos”.

O relacionamento com clientes e potenciais clientes também conta com canais telefônicos e outras redes sociais. “Além da atuação de atendimento expressiva nas lojas físicas, nós trabalhamos diversas campanhas de awerness no Google, no Facebook Ads, Twitter, Instagram e no próprio Facebook”, complementa Guilherme.

Carnaval sem rua

Parte do movimento acelerado de consolidação da empresa no período pandêmico se deu por meio das lives promovidas nas redes sociais com artistas de renome do cenário nacional.

Para aproximar a marca de novos consumidores, a companhia patrocinou mais de 80 eventos virtuais junto a nomes de peso como Ivete Sangalo, Wesley Safadão, Leo Santana, Diogo Nogueira, Lexa, Marcelo Falcão e Bruno & Marrone.

O destaque foi o evento beneficente gravado aos pés do Cristo Redentor – cartão postal do Rio de Janeiro – com o DJ Dennis, em julho de 2020, no auge da pandemia. Foi a primeira vez que o ponto turístico recebeu um evento do gênero.

“Nossa exposição em perfis de grande alcance nas plataformas colaborou ainda para que produtos das linhas Lar, Climatização e todos os demais eletrodomésticos, ganhassem novas adesões. Sem contar a alegria proporcionada pela AMVOX, com as pessoas dentro de suas casas, impossibilitadas do contato físico com pessoas queridas”, finaliza.


+ Notícias

A tecnologia em prol da saúde: como melhorar o sono?

Memes que contaram histórias e conectaram marcas e pessoas

Como o brasileiro se comporta quando o tema é a educação financeira dos filhos?


 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS