Criou, hitou, lucrou: o poder do TikTok na viralização de conteúdos e no sucesso das marcas

Desde o sucesso de Envolver, de Anitta, os hits no TikTok ganharam ainda mais destaque nas redes e ficaram em evidência no mundo corporativo. Saiba o motivo!

Single Envolver, de Anitta, viralizou com a ajuda do TikTok

Se você abriu o TikTok, ligou o rádio ou acessou algum site de notícias nos últimos meses, provavelmente deve ter ouvido falar da música “Envolver”, da cantora Anitta, certo? O hit levou o nome da cantora ao pódio das faixas mais tocadas no Spotify global no final do mês de março e levantou um alerta sobre o poder do TikTok na viralização de conteúdos.

Se você não entendeu a ligação entre o sucesso de Envolver com os virais do TikTok, vamos te explicar melhor! Para quem não se lembra, a música em questão foi lançada em novembro de 2021 mas só emplacou este ano, quando a cantora propôs um challenge e desafiou seus seguidores a acertar a coreografia da música na rede social chinesa. A jogada de marketing deu certo e, em pouco tempo, o hit rompeu as barreiras geográficas e alcançou o topo no ranking das músicas mais ouvidas do Spotify.

Assim como Anitta, muitos outros cantores vêm fazendo uso do TikTok para promover suas músicas e aumentar sua visibilidade no ambiente virtual. A mesma técnica é adotada por atores, influenciadores digitais e até mesmo pelas grandes marcas, que recorrem a vídeos criativos, dublagens e danças para aumentar seus engajamentos e conquistar o grande público.

Mas afinal, o que é preciso fazer para ter um vídeo viralizado no TikTok? Como melhorar o reconhecimento da marca, impulsionar as vendas e atrair mais seguidores através dos recursos oferecidos por essa rede? Para responder essas e outras questões, o Consumidor Moderno bateu um papo com três especialistas em mídias sociais, que abordaram as principais diretrizes que norteiam o universo do marketing digital.

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das notícias da Consumidor Moderno 

Criar, postar e compartilhar!

De acordo com o especialista em social media e representante da agência Inguz, especializada em marketing, Pedro Almeida, o TikTok tem se tornado uma excelente ferramenta para a divulgação de marcas e produtos, principalmente quando o público-alvo destas empresas pertence à geração Z. Para se ter uma ideia, 66% dos usuários desta rede social nasceram depois de 1992, com variação média entre 16 e 24 anos de idade, conforme os dados divulgados em 2021 pela própria gigante chinesa.

Diante disso, a melhor forma para conquistar os usuários desta rede é entender a fundo as necessidades e os interesses de cada público-alvo, para só então elaborar uma linha estratégica que promova a marca, ao mesmo tempo em que encante os seguidores que, na maioria das vezes, estão navegando para se divertirem e não para comprarem.

Segundo Pedro Almeida, “uma boa tática é criar algo chamativo, que prenda a atenção da persona. Com o conteúdo finalizado, é necessário divulgá-lo em várias redes sociais, incentivando o compartilhamento para que ele chegue a mais e mais pessoas”, afirma o social media.

A diretora de comunicação da ABRADI (Associação Brasileira de Agentes Digitais) e publicitária, Clau Boaventura, vai além ao explicar que além de compreender os interesses e desejos do público-alvo, as marcas devem se atentar para os modos de atuação dos algoritmos dos aplicativos, já que são eles os responsáveis por direcionar os conteúdos de acordo com os nichos em que as personas estão inseridas. Além disso, a profissional do campo da comunicação também argumenta que as produções de vídeos curtos com edições criativas são bem recebidas pelos usuários e, consequentemente, alcançam um número maior de visualizações.

Publi com cara de publi não viraliza!

Um outro detalhe crucial na produção de conteúdos para o TikTok gira em torno da autenticidade exigida pelos usuários desta rede, que estão cada vez mais impacientes. “As pessoas precisam ser conquistadas nos primeiros segundos de vídeo, e de preferência com conteúdos genuínos e espontâneos. Na nossa visão, a publi (publicidade) com cara de publi vem perdendo muito espaço”, inicia a sócia-fundadora do restaurante Burst e profissional de marketing, Maíra Okamoto.

Ainda de acordo com a profissional de comunicação, Maíra Okamoto, “as pessoas só consomem conteúdo de marca se esse conteúdo se confundir com um meme, com um vídeo da rotina de alguém ou com algo do tipo. Elas querem ver backstage, vida real. E é isso que os conteúdos feitos pelos tiktokers trazem: naturalidade, espontaneidade”, afirma a sócia-fundadora do Burst, que complementa: “no caso dos blogs de gastronomia, por exemplo, o que viraliza são imagens legais e vídeos curtos com dicas sobre onde ir”, pontua.

É importante lembrar que o contrato entre as empresas e os influenciadores também tem dado certo no TikTok, já que muitos blogueiros e artistas fecham acordos com determinadas marcas para divulgar os produtos em seus perfis pessoais, que possuem, por sua vez, um alto número de seguidores e um excelente engajamento. Nomes como Maísa, Gkay e Caio Castro, por exemplo, se destacaram ao produzir vídeos para a Bauducco, assim como Larissa Manoela, que tem produzido muitos conteúdos para a rede chinesa apresentando as novidades da Cacau Show.

@caiocastro Vcs também já estão no clima de natal? ❤️😂 quero ver o challenge @bauducco de vcs hein #SeTransporteProNatal #ad ♬ som original – bauducco

Nesse sentido, Maíra Okamoto reforça que a escolha dos influenciadores para representar as marcas no TikTok deve estar alinhada aos seus valores e aos ideais defendidos pelos próprios artistas: “acredito que os perfis que escolhemos para falar sobre nosso negócio precisam ter uma sinergia com o nosso produto e nosso posicionamento. A mensagem que eles passam através do conteúdo precisa ter a ver com a nossa”, finaliza a empresária.

Se você leu até aqui e se interessou pelo conteúdo, aproveite para dar uma olhadinha em outros artigos relacionados a esta temática clicando aqui! Não se esqueça de nos seguir nas redes sociais: sempre postamos conteúdos voltados para as novidades tecnológicas no mundo corporativo!

Assine a nossa newsletter e fique por dentro das notícias da Consumidor Moderno


+ Notícias

Como o TikTok pode melhorar a experiência do cliente?

Quais redes sociais mais combinam com a sua marca?




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS