Qualquer pessoa pode ser um investidor no Brasil

Em tempos de crise e diante de um cenário econômico incerto, é cada vez mais necessário usar a criatividade para aumentar a renda, realizar um planejamento financeiro e até mesmo para conseguir fazer o dinheiro render mais. Apesar do ato de investir ainda ser um tabu no Brasil, por receio e falta de conhecimento das […]

Foto: Shutterstock

Em tempos de crise e diante de um cenário econômico incerto, é cada vez mais necessário usar a criatividade para aumentar a renda, realizar um planejamento financeiro e até mesmo para conseguir fazer o dinheiro render mais. Apesar do ato de investir ainda ser um tabu no Brasil, por receio e falta de conhecimento das pessoas, esse já tem se tornado um hábito mais recorrente da população.

Atualmente, qualquer pessoa pode ser um investidor no Brasil e há uma gama de investimentos que se encaixa no objetivo e perfil de cada cliente. Para encontrar o investimento mais adequado, é preciso fazer as seguintes perguntas: Por que estou investindo? Qual é o destino que eu quero dar para esse dinheiro? Por quanto tempo vou poder deixá-lo aplicado? Qual a minha tolerância ao risco? Qual é o meu perfil de investidor?

Outro fator importante, que muitos também não sabem, é não escolher o investimento somente pela rentabilidade passada. Os rendimentos dos investimentos dependem de eventos futuros, como o cenário econômico no Brasil e do exterior. Além disso, o rendimento passado não garante nenhum rendimento no futuro e sabemos que tudo isso pode ser muito volátil.

A saúde financeira de uma pessoa começa pela reserva de emergência e vai até projetos futuros. Quando me perguntam se tenho dicas para quem está iniciando, sempre destaco que existem diversas opções, incluindo o CDB, uma aplicação de renda fixa com baixo risco e boa rentabilidade. O valor aplicado fica separado do saldo da conta e, assim, é possível guardar as economias e planejar o futuro.

Outro excelente investimento é o Tesouro Direto, que são títulos acessíveis a partir de aproximadamente R$ 30, para objetivos de curto, médio e longo prazos, com a garantia do Tesouro Nacional e rendimento diário.

É muito importante desmistificar que para investir precisa de muito dinheiro ou deve ser feito somente em uma ocasião ideal. Investir é um hábito que requer disciplina e pode ser para todos. O importante é começar!

Para descomplicar o processo de investir, o PagBank tem produtos e serviços voltados para quem busca oportunidades em diversos mercados sem se preocupar em conhecer tudo.

*Por André Souza, diretor de Investimentos do PagBank PagSeguro.


+ Notícias

Bitcoin é impulsionado por especulações e investimento mais seguro

Os prós e contras do blockchain nos setores financeiro e contábil 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS