Consumidores usam pagamentos digitais tanto quanto acessam o e-mail

Pesquisa global da Experian mostrou que nove em cada dez brasileiros consideram carteiras digitais seguras

Tempo de leitura: 3 minutos

5 de julho de 2022

Os pagamentos digitais são cada vez mais usados no Brasil

A realização de transações financeiras online se torna cada vez mais cotidiana na vida dos brasileiros. Impulsionados pelas mudanças trazidas pela pandemia, o uso de métodos de pagamento como carteiras digitais, BNPL (compre agora e pague depois) e serviços bancários online é frequente. Isso ficou claro na Pesquisa Global Insights da Experian: consumidores recorrem aos pagamentos digitais tanto quanto acessam o e-mail.

pagamentos digitais crescimento

O uso de pagamentos digitais faz cada vez mais parte da rotina dos brasileiros. Crédito: Pesquisa Global Insights da Experian.

Realizada em março deste ano com 6 mil consumidores e 2 mil empresas de vinte países, a pesquisa mostrou que a quantidade de brasileiros que confiam e buscam opções digitais é maior do que no resto do mundo. No País, 87% das pessoas confiam nos aplicativos de e-commerce para realizar compras online, enquanto a porcentagem global fica em 65%. O mesmo ocorre quando o assunto são as carteiras digitais: 87% dos brasileiros consideram a ferramenta segura. Globalmente, o número cai para 72%.

O fato de nove em cada dez brasileiros reconhecerem confiança nas carteiras digitais tem a ver com a busca por velocidade e segurança. Com elas é possível acabar com o uso da carteira física e realizar compras online e offline, com pagamento por aproximação.

“A pandemia ajudou a inserir ainda mais as carteiras digitais na vida das pessoas. Essa modalidade de pagamento simplifica a jornada do cliente, pois a torna mais ágil, segura e sem atrito. Isso é importante, pois a pesquisa também aponta que os consumidores desejam uma experiência online positiva e que os principais fatores que contribuem para isso são sentir segurança e conveniência no acesso a produtos ou serviços”, afirma Caio Rocha, head de Produtos de Verificação de Identidade e Prevenção à Fraude da Serasa Experian.

Diante desse cenário, as empresas precisam investir em experiências online positivas, com estratégias bem definidas de verificação de identidades e prevenção de fraudes, a fim de passar segurança na transação, oferecer acesso conveniente ao produto ou serviço e login facilitado. O momento e a previsão de crescimento dos pagamentos digitais abre grandes possibilidades de mercado, sairá na frente quem entender as necessidades do atual consumidor.

Consumidor consciente em busca de segurança e experiência

Já acostumado com as vantagens do digital, como a rapidez, o consumidor passou a se preocupar mais com a segurança das transações e atividades online. Com isso, ele acabou construindo consciência e compreensão sobre métodos de segurança avançados e práticos. Um exemplo é a biometria para reconhecimento e login, com a qual 60% dos consumidores se sentem mais seguros agora do que há um ano.

Entre as principais preocupações do consumidor a nível global estão roubo de identidade; golpes por e-mail, telefone e phishing; roubo de dados de cartão de crédito; privacidade online e fake news. Ao mesmo tempo, há uma confiança de que as empresas trabalham para evitar questões como essas e dar suporte aos clientes.

pagamentos digitais segurança

Os consumidores colocam a empresa como responsável pela segurança. Crédito: Pesquisa Global Insights da Experian

A boa notícia é que, cada vez mais, as empresas devem ter acesso a dados para melhorar a experiência e as estratégias de reconhecimento e prevenção à fraude. Isso porque o consumidor está disposto a oferecer informações pessoais em troca de segurança, conveniência e personalização.

Quando a empresa comunica com transparência o motivo do uso dos dados, a confiança tende a aumentar, afinal, 90% das pessoas querem saber como as informações são utilizadas.

Grandes oportunidades digitais

Aumento dos pagamentos digitais e consumidor mais engajado são ingredientes que criam um terreno significativo para as empresas ganharem confiança e aumentar a base de clientes. Quem conseguir superar as expectativas e garantir a segurança frente à fraudes cada vez mais complexas, terá vantagem competitiva. Para isso, vale atentar-se a:

  • Aproveitar e alavancar as vantagens da Inteligência Artificial;
  • Integrar sistemas financeiros, formando um conjunto de soluções;
  • Apresentar tecnologias novas e mais seguras, como novas formas de fazer login de proteger os dados;
  • Educar consumidores sobre como os dados são utilizados;
  • Explorar soluções que agreguem tecnologias emergentes.



Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS