Qual MBTI é o melhor tipo de colaborador para sua empresa?

Você sabe qual é o seu MBTI e o que essa personalidade te agrega profissionalmente?

Tempo de leitura: 7 minutos

13 de julho de 2022

Foto: 16Personalities

Encontrar o colaborador perfeito já é um desejo infundado. O motivo? Não existe “colaborador perfeito” e sim diferentes perfis que se alinham a diferentes estímulos e atividades. Cada um tem sua particularidade, que funciona bem para algumas funções ou não — algo que se reflete bastante na classificação MBTI.

Essas personalidades no dia a dia podem ser muito produtivas para determinadas tarefas. Afinal, uma habilidade única é algo valioso para se lapidar em um ambiente profissional, além de contribuir para o sucesso dos negócios como um todo. Entender qual é o MTBI de um colaborador também é um passo certeiro para aproveitar o máximo de seus talentos e áreas de expertise.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente  

Mas o que é esse tal de MBTI?

Não conhece o termo? Eis a explicação simples: os chamados “MBTI” se referem à tipologia Myers-Briggs, um indicador que classifica personalidades. Dele, saiu o famoso teste 16Personalities, que aponta, após um teste de cerca de 15 minutos, 16 possíveis perfis de pessoas, setorizados em quatro grupos principais: os analistas, os diplomatas, os sentinelas e os exploradores.

Cada MBTI é chamado por uma sigla, composta por quatro letras que representam as chamadas “dicotomias”. As dicotomias, por sua vez, estão relacionadas a aspectos da personalidade de cada pessoa e se dividem em quatro pares opostos: extroversão e introversão, sensorial e intuição, razão e sentimento, e, por fim, julgamento e percepção.

Dito isso, todos os 16 MTBIs são muito competentes em alguma área do conhecimento e possuem soft skills únicas que podem ser muito úteis dentro das empresas. Abaixo, listamos as melhores características de cada MBTI e onde essas personalidades podem ser encaixadas profissionalmente. Confira:

Analistas

analistas

Foto: 16Personalities

Os analistas, o grupo “roxinho” dos MBTI, são aqueles que se guiam mais pela razão e pela intuição. Esse grupo agrega muito quando analisa possibilidades e estratégias de sucesso — e se destaca por não ser levado pela emoção na hora de tomar decisões.

Arquitetos (INTJ)

No ambiente de trabalho, o arquiteto é aquele que estabelece altos padrões de qualidade para o serviço que desempenha e tende a ser um pouco mais pessimista. Para muita gente, pode ser encarado como o colaborador ambicioso e independente, uma vez que ele usa da lógica para efetuar suas tarefas. Por ser mais introspectivo, intuitivo, lógico e julgador, esse tipo de MBTI tende a trabalhar melhor sozinho, mas se caracteriza como uma das personalidades mais inteligentes — compreendendo somente 2% da população.

Alguns dos INTJ mais famosos são Friedrich Nietzche, Michelle Obaman, Elon Musk e Christopher Nolan.

Lógicos (INTP)

Já o lógico é aquele trabalhador mais criativo, ainda assim guiado pela razão, que tende a ser mais filosófico. São exímios observadores, capazes de revolucionar o ambiente com suas descobertas e, com isso, geram bons insights e planejamentos para os negócios. São, também, extremamente persistentes em seus projetos, com mente ágil. Ao todo, compreendem 3% da população mundial.

São exemplos de INTP Bill Gates, Albert Einstein, Isaac Newton e Rene Descartes.

Conheça o Mundo do CX

Comandantes (ENTJ)

Como o próprio nome já diz, os comandantes são líderes naturais. É fácil encaixá-los em posição de liderança, posto que seu carisma exala confiança e admiração, ainda que esse seja um tipo de personalidade muito racional e que tenha dificuldade com a parte emocional da gestão de pessoas.

Cargos altos à parte, esse MBTI também se caracteriza pela ambição: são pessoas que almejam o sucesso e estão mais que dispostos a conquistá-lo a todo custo. E também correspondem a um total de 3% da população.

Entre os ENTJ famosos, estão Steve Jobs, Gordon Ramsay, Margaret Thatcher e Franklin Roosevelt.

Inovadores (ENTP)

Uma das maiores habilidades do inovador é o argumento: é difícil vencê-lo. Esse tipo de MBTI gosta de desafiar os outros a conquistas maiores — e por isso é ótimo para trabalhar em equipe —, além de se posicionar como um grande questionador.

Ainda que sejam grandes debatedores, essa personalidade se caracteriza no ambiente de trabalho como transformador e apontador de tendências, pois questiona os processos e encontra soluções interessantes aos problemas por que passa.

São exemplos de ENTP Adam Savage, Sarah Silverman, Tom Hanks, Thomas Edison e Céline Dion.

Diplomatas

diplomatas

Foto: 16Personalities

Como o próprio nome já sugere, os diplomatas tendem a ser mais movidos pelo desejo de conciliação, aproximação das pessoas. São guiados pelo sentimento e pela intuição, além de serem reconhecidos por suas habilidades sociais.

Advogados (INFJ)

Representando menos de 1% da população, o advogado é aquela pessoa movida pelo idealismo e a moralidade. Muito determinados e firmes, quando compreendem a ideologia e os valores da empresa, tendem a segui-los com o fim de causar um impacto positivo e duradouro.

Além da determinação, os advogados também se saem muito bem em trabalhos de equipe, especialmente porque tendem a ajudar os outros e são natos prestativos. São defensores de seus colegas e lutam contra as injustiças.

Entre os raros INFJ, estão Martin Luther King, Nelson Mandela, Marie Kondo e Lady Gaga.

Mediadores (INFP)

Esse tipo de personalidade é um dos mais desejados em equipes de trabalho por um único motivo: são extremamente otimistas diante das adversidades. Tendem a ser mais calmos e introvertidos, mas quando encontram seu propósito dentro da empresa, cultivam uma forte conexão com as atividades que desempenham. E conseguem transformar um ambiente hostil e um lugar de prospecção.

Além de otimistas, os mediadores tendem a ser ótimos contadores de história, da mesma forma que se caracterizam como bons ouvintes.

São exemplos de INFP J. R. R. Tolkien, William Shakespeare, Julia Roberts e Jonny Depp.

Leia mais: Soft skills: as habilidades que vêm sendo cada vez mais valorizadas no mercado

Protagonistas (ENFJ)

Para esse MTBI, o ambiente do trabalho é um espaço válido para liderar. Assim como os comandantes, os protagonistas se caracterizam como líderes natos, mas tendem a ter o lado sentimental mais aflorado.

São ótimos em trabalhos de equipe e se dispõem a ajudar os outros em prol do time, são julgadores e conquistadores, por isso emanam uma confiabilidade grande. Um protagonista sem dúvidas tem o poder de guiar o grupo para o sucesso e usa a criatividade em conjunto para atingir seus objetivos.

Entre os ENFJ famosos, estão Barack Obama, Oprah Winfrey, Malala Yousafzai e Sean Conery.

Ativistas (ENFP)

Por fim, os ativistas são aqueles que visam a conexão do time. Tem espírito livre, são independentes e energéticos, assim como verdadeiros curiosos que buscam conhecimento e não se seguram para experimentar novas tarefas e maneiras de produzir seu trabalho.

Por serem bem atenciosos, os ativistas costumam deixar o ambiente de trabalho mais leve, além de oferecerem uma palavra de conforto e reconhecerem as necessidades dos outros.

Estão entre os ENFP famosos Robert Downey Jr., Robin Williams, Quentin Tarantino e Will Smith.

Sentinelas

MBTI

Foto: 16Personalities

Eis o grupo mais julgador dos quatro: os sentinelas são bastante guiados pelos sentimentos e pela maneira como enxergam o mundo. São também apaixonados pelas pessoas, o que os torna muito importantes dentro do ambiente de trabalho.

Logísticos (ISTJ)

Consagrada como uma das mais populares, os logísticos são definidores de integridade. São pessoas mais práticas, que resolvem problemas com mais facilidade e tendem a ser mais dedicados ao trabalho.

Em linhas gerais, o logístico é aquele que “veste a camisa”: se orgulha de seus feitos e assume responsabilidades importantes com muita dedicacção.

São exemplos e ISTJ Sting, Denzel Washington, Angela Merkel e George H. W. Bush.

Defensores (ISFJ)

Como o próprio nome sugere, os defensores são fortes protetores das pessoas que gostam, e por isso, tendem a ser mais estabilizadores e transparentes. Gostam de segurança e transpassam isso em seu trabalho, optando por projetos mais seguros. Ao mesmo tempo, tem uma capacidade de ouvir extraordinária e se destacam como cuidadores, dada a imensa empatia que sentem pelos outros.

Estão entre os ISFJ Beyoncé, Rainha Elizabeth II, Aretha Franklin e Anne Hathaway.

Executivos (ESTJ)

Os executivos são o sinônimo da ordem. Dentro das empresas, tendem a ser muito dedicados e estabelecem a organização depois de momentos caóticos. São muito honestos e costumam dar bons conselhos, pois tem a habilidade de guiar os demais de uma maneira clara e objetiva.

Na equipe, os executivos são os conciliadores: gostam de manter os colegas unidos e preferem seguir regras bem estabelecidas.

São exemplos de ESTJ Sonia Sotomayor, Frank Sinatra, James Monroe e Lyndon B. Johnson.

Cônsules (ESFJ)

Aqui se apresentam os populares. Em outras palavras, os cônsules não ligam de ser o “centro das atenções” e gostam de ser reconhecidos por suas habilidades professorais. No ambiente de trabalho, se destacam como pessoas harmônicas, que acalmam os ânimos exaltados e organizam as atribuições de tarefas.

Costumam ajudar os outros e se destacam bem a frente de propagandas, câmeras e projetos iniciais.

Entre os ESFJ, destacam-se Taylor Swift, Bill Clinton, Danny Glover e Sally Field.

Exploradores

MBTI

Foto: 16Personalities

Por fim, os entusiasmados exploradores estão entre as personalidades que são naturalmente energéticos, criativos e animados. São curiosos e tendem a desenvolver e criar novas estratégias dentro das empresas.

Virtuosos (ISTP)

Extremamente sensoriais, os virtuosos são personalidades curiosas que gostam de explorar seus novos desafios com as mãos. São pessoas manuais, com habilidades para tarefas que envolvam a percepção dedicada a pequenos detalhes — e, por isso, tendem a ser perfeccionistas com seus trabalhos. Gostam muito de aprender e não têm medo de “botar a mão na massa”.

Outro atributo interessante para o profissional virtuoso é a capacidade de superar desafios. Esse MBTI não paralisa diante das dificuldades, mas trabalha duro para encontrar soluções (e se diverte com isso).

São exemplos de ISTP Olivia Wilde, Michael Jordan, Tom Cruise e Bear Grylls.

Aventureiros (ISFP)

Essa é a personalidade artística, aquela com o dom natural de ver a arte em suas atividades. São bem empáticos e se preocupam muito com a estética, portanto, são bons observadores de estratégias e criativos natos. O aventureiro fica ao máximo empolgado quando se sente livre para criar e se torna muito inspirador dentro da equipe.

São espontâneos e divertido, e caracterizam-se por reconhecer o esforço próprio e dos colegas.

Estão entre os ISFP famosos Lana Del Rey, Kevin Costner, Frida Khalo e Michael Jackson.

Empresários (ESTP)

Se tem uma personalidade que preenche bem um palco é a de empresários. Esse MBTI se sai muito bem em apresentações, expressa com facilidade seus objetivos e tem uma oratória impressionante.

Outro ponto de destaque nessa personalidade é a energia: são pessoas que investem tempo nas atividades, são motivados e falantes.

São exemplos de ESTP Jack Nicholson, Eddie Murphy, Madonna e Bruce Willis.

Leia mais: Flex skills: habilidades para diferentes situações

Animadores (ESFP)

Para encerrar a lista, os animadores são as pessoas generosas. São naturalmente entusiasmados e gostam de tornar o ambiente mais acolhedor para se sentirem mais à vontade no trabalho. Por serem muito simpáticos e empáticos, costumam incentivar as pessoas a concluírem suas tarefas mesmo diante das adversidades.
Conseguem trazer dinamismo ao escritório e sã energéticos para contagiar a equipe.

Entre os ESFP famosos estão Elton John, Marilyn Monroe, Adele e Jamie Foxx.


+ Notícias

Profissões do futuro: confira as 10 áreas mais promissoras no setor tecnológico

Realidade aumentada: a Geração Z adora o comércio imersivo 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS