3 vantagens da transformação digital para pagamentos em varejo

Quase 60% dos varejistas acreditam que a transformação digital deve ser prioridade nos negócios e soluções adotadas se concentram principalmente nos meios de pagamento

Tempo de leitura: 3 minutos

25 de julho de 2022

Foto: Pexels

A transformação digital vem revolucionando todos os setores e o varejo é um dos mais impactados pelas inovações e facilidades que ela traz. Segundo uma pesquisa da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), em 2021, o crescimento de varejistas que apostaram na transformação digital foi de 21%. O estudo também revelou que 57% desses empresários acreditam que a transformação digital é uma prioridade, fazendo parte de planos estratégicos, com investimentos e ações definidas — em 2020, esse percentual era de 42%.

De acordo com Anderson Locatelli, CEO da fintech Sled, a digitalização já é parte do varejo. “Quem não se adapta, fica para trás. Além dos benefícios para os negócios, do ponto de vista operacional e de resultados, a digitalização é desejada pelo consumidor, que está antenado nas inovações e busca esse diferencial”, pontua.

A transformação digital e os meios de pagamento

“Ficar de fora dessa transformação não é uma opção para quem quer se manter competitivo no mercado 

A mesma pesquisa da SBVC apontou que 94% das soluções adotadas no atendimento do consumidor se concentram em meios de pagamento, um diferencial competitivo que tem grande impacto na experiência de compra.

A Sled, por exemplo, é responsável por uma solução que entrega troco digital creditado diretamente no CPF do consumidor, o Sled Troco, podendo ser usado por meio de carteiras digitais com rendimento de 3,65% a.a ou debitado em compras futuras. Além de diminuir filas no varejo físico e ficar rendendo na nuvem, a solução reduz a quebra de caixa e toda a operação onerosa envolvendo dinheiro em espécie nas lojas.

Locatelli destaca que toda essa transformação digital é muito propícia e fundamental hoje para o varejo. “Ficar de fora dessa transformação não é uma opção para quem quer se manter competitivo no mercado”, diz o executivo que cita três grandes vantagens da digitalização financeira para o varejo.

Leia mais: Entenda o que é a “janela 24h no WhatsApp” e como usá-la

3 tópicos da transformação digital financeira no varejo

  • Pagamentos e transações mais rápidas – Além de aumentar a diversidade de meios de pagamento, a tecnologia permite que operações financeiras sejam efetuadas com mais velocidade, às vezes em questão de segundos – e essa agilidade deve ser ainda mais reforçada com o 5G.
  • Segurança e proteção de dados – A automatização por meio de softwares e programas baseados em cloud e inteligência artificial aumentam a segurança de sistemas e a proteção de dados com protocolos mais rígidos e planejados.
  • Transações internacionais mais baratas – As transações financeiras internacionais costumam ser caras, especialmente quando envolvem conversão de moeda. Soluções digitais simplificam essas operações, reduzindo seus custos.

Conheça o Mundo do CX

Por que é importante digitalizar?

Em 2021 quase 60% dos empreendedores varejistas passaram a investir na sua transformação digital

Vale ressaltar que a transformação digital assistida no varejo nos últimos anos é, sobretudo, um reflexo do comportamento dos consumidores. A busca pela agilidade, simplicidade e facilidade no pagamento e na entrega, encontrou na digitalização de serviços e processos o diferencial que os consumidores tanto buscavam na experiência com o varejo.

Essa digitalização impactou varejos tradicionais, que expandiram suas atividades em canais digitais e novos serviços, e também o surgimento de marcas nativas digitais. Parcerias foram fundamentais nesse processo, assim como investimentos e treinamento.

Para se ter uma ideia desse impacto uma pesquisa da HostGator, multinacional de hospedagem de sites e provedora de serviços online, em 2021, revelou que quase 60% dos empreendedores varejistas passaram a investir na sua transformação digital. Desse montante, 64% perceberam aumento nas vendas por através do formato digital.

Não há dúvidas de que hoje é fundamental para varejistas de qualquer tamanho investimentos e maior atuação digital. Entretanto, vale lembra também que o varejo físico continua sendo decisivo para a jornada de consumo, e que essa integração do ambiente físico e digital (Phygital) faz toda a diferença na busca pelo melhor modelo e jornada e de experiência no varejo.

Assine a nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente 


+ Notícias

Instagram lança pagamentos por DM e rastreio de pedidos no próprio chat 

O que esperar do comércio eletrônico no segundo semestre do ano? 




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS