Carteira Digital: conheça as opções para ter praticidade na palma da mão

Carteiras digitais têm se popularizado pela organização de transações financeiras, praticidade e vantagens, mas a carteira digital é segura? Saiba como ela funciona!

Tempo de leitura: 3 minutos

28 de julho de 2022

Foto: Unsplash

Em um mundo em que cada vez mais as compras são feitas online, melhorar a experiência do cliente no processo pode ser a diferença entre um carrinho cheio deixado para trás e uma venda realizada com sucesso. A carteira digital, também conhecida como digital wallet, tem se popularizado com a promessa de facilitar a concretização do negócio no e-commerce.  Mas há quem ainda tenha dúvidas se a carteira digital é segura.

Aqui você vai entender como a também chamada de digital wallet facilita a vida de quem compra, mas também de quem vende, suas vantagens e como é a segurança digital das transações.

Mas afinal, o que são as carteiras digitais?

Aplicativos para guardar dinheiro e realizar transações financeiras direto do celular, como compras e pagamentos. Além da comodidade de manter esse histórico financeiro a um clique de distância, a carteira digital oferece mais uma camada de segurança por exigir senha e pela facilidade de bloquear, suspender ou ativar os acessos.

Assine nossa newsletter e fique atualizado sobre as principais notícias da experiência do cliente

As carteiras digitais também servem para armazenar documentos e itens como ingressos de eventos, cartões de embarque, reservas e cartões fidelidade.

Vantagens da carteira digital

Carteiras digitais têm vantagens que os aplicativos de banco não têm. Há várias carteiras digitais disponíveis no mercado brasileiro. Algumas das mais famosas são Recarga Pay, MagaluPay, PicPay, Iti e Ame. Mas para escolher qual se adequa melhor ao consumidor é preciso ficar de olho nos benefícios, taxas e serviços oferecidos.

Um dos benefícios mais propagandeados pelas carteiras digitais é o cashback. E quem não quer receber um dinheiro de volta a cada compra realizada? É um desconto que parece um presente.

Também pode valorizar o dinheiro do consumidor as opções com rendimentos na carteira digital, que passa de ser armazenado a investido.

Leia Mais: A vez das wallets: um canal fundamental para se destacar no mar aberto

Mas talvez a principal comodidade que têm atraído os usuários de carteiras digitais é a mobilidade. Como realizar transações de qualquer lugar e a qualquer hora, como pagamentos online, QR codes e fisicamente nas maquininhas de cartão.

Outra possibilidade é criar as próprias faturas para realizar cobranças, facilitando transações e pagamentos. Elas também poder valer para comprar internacionais, com taxas de câmbio competitivas na conversão.

Algumas carteiras digitais, como o Paypal e Ame, permitem incluir cartões de crédito e débito tradicionais. E outras trazem opções de empréstimos ou pagamentos de contas de consumo sem taxas extras.

Quem usa a carteira digital?

De acordo com uma pesquisa encomendada pelo Serasa Experian ao Opinion Box, 80% dos brasileiros já conhecem a carteira digital. E destes, 63% as utilizaram como meio de pagamento recentemente.

A maior concentração de quem já aderiu à carteira digital está no Sudeste e no Nordeste. A maior parte dos usuários tem de 30 a 39 anos e das classes C, D e E.

Leia Mais: 3 vantagens da transformação digital para pagamentos em varejo

Ainda segundo o Serasa, os consumidores que utilizam algum tipo de carteira digital não são fieis. Eles estão mais interessados em uma experiência de consumo facilitada, que traga benefícios (principalmente o cashback e o rendimento do valor depositado) e podem ter várias para se aproveitar da melhor vantagem de cada uma delas.

Inovação com uso de criptomoedas

Algumas carteiras digitais já passaram a trabalhar também com criptomoedas. Apesar de ser um mercado ainda tímido no Brasil, o mercado de cripto cresce consistentemente. Já há mais brasileiros negociando criptomoedas no país do que investidores individuais na Bolsa de Valores, segundo, segundo o relatório ‘Risco relevante para o investidor brasileiro, francês e inglês’, da Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A carteira digital de criptomoeda é uma nova promessa de meio de pagamento porque apesar de serem virtuais, as criptomoedas também precisam ser armazenadas em algum lugar, e agregam privacidade e segurança da rede blockchain para os consumidores.

Conheça algumas digital wallet disponíveis no mercado

Ame

Oferece cashback em estabelecimentos parceiros, permite pagamento de boletos, venda de gift cards e recarga de celular.

PagBank

Permite o pagamento de contas e boletos, transferências gratuitas para qualquer banco, recarga de celular e saque em Banco24h.

Mercado Pago

Dá para parcelar boletos, comprar e vender criptomoedas, pagar em maquininhas e fazer empréstimos.

PayPal

Transferências internacionais com taxa de conversão vantajosas e bancárias sem taxas, pagamentos e cadastro de cartões de crédito e débito.

99 Pay

O aplicativo de viagens 99 também funciona como carteira digital.
Há funções como envio de PIX, pagamento de boletos e recarga de celular, além de claro, pagamento de corridas. O dinheiro rende mais do que a poupança no app.


+ Notícias

 Atendimento personalizado: vale a pena saber o que seu cliente quer

Revolução bancária: como construir um ambiente digital mais seguro?




Acesse a edição:

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS