Tag

JUDICIALIZAÇÃO

Empresas gastaram mais de 157 bilhões com ações na Justiça, diz estudo

O levantamento foi produzido pelo escritório Amaral, Yazbek Advogados e mostrou ainda outro número preocupante: o potencial de gastos em discussão na Justiça seria quase do tamanho do PIB brasileiro

Especial Defesa do Consumidor: O termômetro do bom atendimento

Por menos gastos com judicialização, as empresas buscam alternativas para diminuir também as suas reclamações. A premissa é simples: um menor número de consumidores insatisfeitos significa mais dinheiro em caixa

A revolução no departamento jurídico do Mercado Livre

Há dois anos, o Mercado Livre decidiu reformular o seu departamento jurídico. O objetivo do setor é evitar processos na Justiça - e há recompensas para quem promove mais acordos extrajudiciais

Para que haja um bom relacionamento, é preciso optar pelo diálogo

No primeiro dia do Simpósio Brasileiro de Defesa do Consumidor, o diálogo foi apontado como saída para conflitos. E existe um canal especial para isso

Especial planos de saúde: quem paga a conta da saúde privada?

A crise econômica exacerbou uma conhecida percepção do consumidor: os preços dos planos de saúde estão cada vez maiores, quase inexequíveis na medida em que ultrapassam e muito a inflação. Mas por que isso acontece?

Em sete anos, o número de decisões judiciais contra planos de saúde cresceu 329%

Esse dado está presente em uma recente estudo apresentado pelo Observatório da Judicialização da Saúde Suplementar, da Faculdade de Medicina da USP. Veja outros dados

ARTIGO: Cancelamento da compra não gera direito à indenização

O consumidor possui uma série de direitos garantidos por lei, mas isso não significa que ele é alvo recorrente de dano moral. Entenda essa relação

Quanto as empresas gastam com processos na Justiça?

Empresas gastam bilhões de reais com processos na Justiça brasileira. Entenda como funciona um dos principais problemas do chamado Custo Brasil

Ética, transparência e até pedido de desculpa: desejos de um novo consumidor

O novo consumidor conectado exige transparência e ética, Mas será que todas as empresas estão alinhadas com esse novo pensamento? Com a palavra, os grandes especialistas no assunto

Judicialização: viveremos para ver o fim desse problema?

A quantidade de processos entre consumidores e empresas do setor de saúde é preocupante. Será que existe solução para isso?

O quanto um mercado altamente regulado realmente traz satisfação para o cliente?

No Brasil, temos um excesso de normas que balizam a atuação das empresas e nem sempre focam no que interessa: resolver o problema dos consumidores.

O envolvimento do departamento jurídico também beneficia o consumidor

A união entre a área jurídica e outros departamentos das empresas foi tema de debate realizado durante um painel. Veja as conclusões