60% das organizações em todo o mundo já usam nuvem híbrida; entenda a importância

Relatório aponta que 32.7% dos tomadores de decisão planejam implementar uma solução híbrida nos próximos meses

Foto: Luiza Vilela | Canva

Com a pandemia, um intenso avanço de novas tecnologias alcançou as empresas e indústrias ao longo do globo. E cada vez mais a adoção dessas tecnologias tem trazido resultados, tanto para as corporações e consumidores quanto para os colaboradores. Um dos exemplos de tecnologias que tiveram um aumento considerável de uso foi as nuvem híbrida.

Em um contexto no qual os colaboradores precisaram ficar em casa, em regime de home office, a tecnologia da nuvem híbrida foi uma das mais usadas entre as empresas para armazenamento e troca de arquivos. O Relatório de Nuvem Híbrida 2021, realizado pela NTT Ltd., companhia global de serviços de tecnologia, já aponta que 60% das organizações em todo o mundo já estão usando ou testando os recursos da ferramenta.

Mas o que é nuvem híbrida e para que ela serve?

Dentro do Cloud Computing (Computação em Nuvem), as nuvens híbridas se caracterizam como um ambiente que associa a computação de nuvens privadas e públicas. Cada plataforma desempenha uma função, mas essa associação entre elas permite que os dados sejam compartilhados entre as nuvens.

Essa ferramenta permite, por exemplo, que uma empresa escolha quais dados mais sensíveis fiquem alocados na nuvem privada e quais outros dados podem ser armazenados em uma nuvem pública. Sendo assim, os profissionais de computação conseguem ter uma segurança maior na hora de enviar arquivos.

O uso também se apresenta como mais ágil que o uso único de uma nuvem privada. Isso ocorre porque a adição de uma nuvem pública em conjunto com uma particular permite também mais capacidade de processamento e largura de banda. E tudo isso é administrado por um único sistema de gerenciamento.

Uma tendência atual e futura

A pesquisa da NTT aponta que a tecnologia tem sido cada vez mais procurada pelas empresas. O estudo foi realizado com 950 tomadores de decisões em 13 países e cinco regiões. Desses, 32.7% planejam implementar uma solução híbrida entre 12 a 24 meses.

Hoje, a principal motivação para o uso da ferramenta tem sido a eficiência na performance das empresas. Além disso, a estratégia também se apresenta como mais econômica do que o uso exclusivo das nuvens privadas. O relatório aponta que um custo total mais eficiente das operações de TI é o principal direcionador (41.3%) para a adoção de nuvem híbrida.

A pesquisa destaca ainda que o uso deve vir para otimizar ambientes, dessa forma a eficiência também passa a ser maximizada. 52.7% das empresas que usam a nuvem híbrida destacam uma necessidade de engajar a tecnologia com especialistas, como provedores de nuvem gerenciada, por exemplo.

“Enquanto as empresas buscam navegar no novo ano, elas devem buscar ambientes de cloud híbrida que sejam otimizados para a agilidade, segurança e suportadas por uma arquitetura de rede correta, enquanto também cumprem os requisitos de conformidade. Este é o fundamento sobre o qual a nuvem é bem-sucedida e habilitará empresas para resistirem a qualquer forma de disrupção que apareça em seu caminho”, destaca Rob Lopez, Vice-Presidente Executivo de Infraestrutura Inteligente da NTT Ltd.

Alternativa segura para armazenamento de dados

A necessidade de segurança é um dos pontos mais visados às empresas hoje em dia. Vazamento de dados e de informações sigilosas são dificuldades ao armazenamento de nuvens públicas. Esse é um dos motivos pelos quais 46.3% dos entrevistados alegam que as dificuldades em gerenciar a segurança dos dados são a maior barreira para adotar a nuvem híbrida.

No entanto, um dos destaques da ferramenta, de acordo com o relatório, é justamente a segurança dos dados. Por mesclar nuvens públicas e privadas, as empresas têm em mãos a possibilidade de escolher uma das plataformas para armazenamento de dados sigilosos e, portanto, deixá-los mais seguros.

Para que essa segurança seja garantida, 58.2% dos entrevistados da pesquisa têm feito parcerias com consultores especialistas em segurança da informação ou MSSPs para gerenciamento da ferramenta.


+ Notícias

Cuidados necessários ao usar plataformas em nuvem

Como a computação em nuvem pode ser útil para o setor de saúde






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 262: O consumidor é phygital

CM 261: O respeito ao cliente é o caminho para 2021

Anuário: A omnicanalidade em todo lugar

VEJA MAIS