Por que a CCXP é tão popular? O que busca o público geek?

Fomos até a CCXP para entender melhor as razões por trás do alto consumo do público geek. Confira a nossa reportagem e entenda

O que faz o sucesso de um evento como a CCXP? Segundo estudos, o público geek gasta 40% a mais em relação aos outros consumidores. Com um ticket médio de R$ 548, esse segmento revela não só uma gigante oportunidade de negócio mas, além disso, uma crescente de comportamento e experiência em um universo vasto de conteúdos que transitam entre os mais diversos formatos: vídeo, impresso, áudio e outros.

O auto-intitulado “maior evento de cultura pop” trouxe ao Brasil um espaço recheado de experiências propostas pelos principais serviços de streaming da atualidade. Amazon e Netflix aproveitaram para trazer seus cenários à vida real e ocuparam centenas de metros do São Paulo Expo. Sem falar das filas homéricas de fãs animados que aguardavam para aproveitar o que era oferecido.

CCXP

Outro destaque vai para a Globoplay, que pela primeira vez fez parte do evento e mostrou em um espaço físico a variedade de seu catálogo. Um LED circular gigante ocupava o meio do espaço com atrações especiais de séries originais do aplicativo.

O destaque para esses espaços em vida real que pareciam dominar o São Paulo Expo vai para o “Hang The Dj: A Black Mirror Experience” com diversos appeals para os fãs, com partes do cenário do episódio eletrizante da série Black Mirror. Era possível ir em par para um totem digital que lia a palma das mãos e decifrava quanto tempo duraria um possível relacionamento. Além do espaço interno da experiência que simulava as diversas passagens do episódio.

LEIA TAMBÉM

Fortnite: entenda a obsessão da Geração Z
League Of Legends: como Riot e LIQ otimizam a experiência dos jogadores
Isso é muito Black Mirror: Elon Musk anuncia “chip cerebral”


CCXP além das séries e filmes

O setor de quadrinhos, HQs, e cartunistas pareceu maior neste ano e contou com uma loja gigantesca da Turma da Mônica e um estande lotado de filas da Faber Castell, que sorteava brindes aleatórios da marca através de uma cabine de fotos em formato de desenhos. Também era possível testar os produtos da marca em uma ampla mesa de sketches.

Outro destaque vai para o crescimento dos games que obviamente são uma tendência atual. Na edição deste ano da Comic Con, a Riot Games investiu pesado em grandes espaços do jogo League Of Legends. Haviam hologramas, bonecos em tamanho real, partidas ao vivo e uma cabine especial.

Ao entrevistar alguns dos participantes do evento foi possível encontrar uma sensação em comum: a possibilidade de se aproximar de um mundo deveras irreal para eles. Ali, rola a oportunidade de viver uma fantasia impossível para o cotidiano corriqueiro, além de preços especiais em produtos, estrelas do cinema e da TV (vide as atrizes Gal Gadot e Margot Robbie)  e, é claro, experiências curadas por marcas que vivem do dinheiro nerd.







MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS Prêmio Consumidor Moderno

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS