WhatsApp Business terá novas funções e passará a cobrar por parte dos serviços

Serviço de compras será muito similar ao do Instagram, que também pertence ao Facebook

O WhatsApp anunciou que sua plataforma de negócios, o WhatsApp Business, será atualizado com novas soluções e, após as novas implementações, passará a cobrar por parte dos serviços. No entanto, não há informações sobre quais serviços serão cobrados, quanto vai custar, quando as soluções passarão a ser cobradas ou quais serão as novas soluções prometidas.

“Para que o WhatsApp também continue a crescer como empresa, passaremos a cobrar por alguns dos serviços que oferecemos a nossos clientes comerciais. No entanto, continuaremos a oferecer e a ampliar nossos serviços gratuitos de mensagens e ligações de voz e de vídeo, que são protegidos com a criptografia de ponta a ponta, para mais de 2 bilhões de pessoas”, afirmou a empresa em comunicado.

A empresa, que pertence ao grupo Facebook, tem hoje duas soluções focadas em negócios: o WhatsApp Business e a API do WhatsApp Business.

A primeira é uma ferramenta mais simples e totalmente gratuita, para pequenas empresas, que permite apenas automatização das mensagens e a criação de um perfil comercial.

Já a segunda, mais robusta e focadas em empresas de médio e grande porte, oferece também número verificado, chatbots e gestão e análise de dados. Nesse modelo, as empresas desembolsam uma quantia mensal para utilizar o serviço.

Atualização do serviço de compras

O aplicativo de mensagens instantâneas e chamadas de voz anunciou também que vai oferecer os serviços de compras e hospedagem dentro da plataforma. O formato é muito similar ao que se encontra hoje no Instagram, que também pertence ao Facebook.

“Vamos expandir as maneiras como as pessoas podem conferir os produtos disponíveis e finalizar compras diretamente nas conversas. Também queremos facilitar a integração desses recursos às soluções de venda e de atendimento ao cliente que as empresas já utilizam. Essa ação ajudará as pequenas empresas que foram mais afetadas neste momento.”

A empresa ainda informou que a nova opção vai permitir assistência personalizada para os clientes. “O novo botão de mensagens torna mais fácil para as pessoas enviarem mensagens para empresas através WhatsApp. Os clientes podem visualizar os produtos diretamente no chat, tornando mais fácil compartilhar produtos com amigos e familiares para obter feedback antes de fazer uma compra”, complementa.

O comerciante terá a opção de apresentar seus produtos da nova maneira através do aplicativo. Caso o cliente encontre o produto no Instagram ou no Facebook, poderá entrar em contato com o vendedor pelo WhatsApp clicando no novo botão azul. Não há mais detalhes do recurso, por enquanto.

Já em relação ao ato da compra, a transação vai funcionar dentro do aplicativo de conversas; porém, como o serviço de pagamentos WhatsApp Pay está suspenso, a empresa afirma que as transações financeiras no WhatsApp Business continuarão acontecendo por meio de plataformas de pagamento, como PicPay, Mercado Pago ou boletos.


+ NOTÍCIAS

5 tendências de consumo para o fim do ano

Mocinho ou vilão? 42% dos brasileiros em home office trabalham 40 horas a mais por mês

Sai o fast fashion, vem o safe fashion: a moda depois da pandemia


 






ACESSE A EDIÇÃO DESTE MÊS:

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

CM 256: Os vencedores do Prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente

CM 255: Tudo o que você precisa saber sobre o consumidor na pandemia

Você já conhece as Identidades do consumidor?

VEJA MAIS