Conhece os Superapps? Saiba como vão revolucionar o mercado dos aplicativos

Populares na China e em países emergentes, os Superapps se preparam para tomar o mundo e desconstruir a obrigatoriedade dos múltiplos aplicativos

Já ouviu falar em Superapps? Essa tendência de aplicação móvel saiu da Ásia e tem revolucionado os quatro cantos do mundo, estando entre as apostas de conectividade para os próximos anos.

Todos os apps em um só lugar

Pense na quantidade de espaço de armazenamento e tempo que gastamos abrindo, cadastrando, autenticando e navegando em dezenas de aplicativos diferentes todos os dias. Agora imagine como seria se fosse possível unificar todos estes sistemas em um só lugar, de forma segura, dinâmica e leve em armazenamento nos dispositivos móveis?

Este conceito multiplataforma já é realidade no oriente e está, aos poucos, chegando por aqui. 

Superapps

(Foto: Shutterstock)

E pode ser que você já tenha ouvido falar no Superapp que domina o mercado Chinês: o WeChat, aplicativo de mensagens que está disponível no Brasil pela Google Play e AppStore. Ele é utilizado por bilhões de chineses diariamente para chamadas de texto e vídeo, efetuar pagamentos, ler notícias, pedir comida, verificar mapas, previsão do tempo, chamar táxi, assistir filmes, jogar… as possibilidades são infinitas. Definitivamente todas as funções de um sistema Android ou iOS estão inseridas dentro do WeChat.

Qual é a vantagem dos Superapps?

Além das vantagens de armazenamento, o ecossistema dos Superapps permite que o tempo do usuário não seja monopolizado em múltiplos aplicativos, além da maior parte da sociedade estar estruturada de modo responsivo a esta multiplataforma. 

Por exemplo, a maior parte das lojas e estabelecimentos da China aceitam pagamento via WeChat, agilizando o comércio e reduzindo filas — algo absolutamente necessário em um país tão populoso.

Superapps

(Foto: Shutterstock)

Um relatório da Statista, do segundo trimestre de 2019, mostrou que existem mais de 4 milhões de aplicativos disponíveis nas stores do Google e da Apple. Este excesso, além de confuso, é nocivo para países emergentes, onde a população tem acesso apenas a celulares com memória e armazenamento limitado. Os Superapps surgem, então, para corrigir este desequilíbrio.

Conceito ainda é novo por aqui

Em agosto de 2019, o Google divulgou resultados de uma pesquisa durante o evento App Summit no Brasil. O estudo mostrou que 81% dos brasileiros ainda não são familiarizados com o termo Superapp. 

Dentro da pesquisa, após o conceito ser explicado aos participantes, apenas 45,8% responderam que estariam dispostos a utilizar os Superapps. Destes, 30,1% responderam que o principal benefício seria a compactação do espaço utilizado em seus celulares.

Razões pelo qual brasileiros instalariam Superapps, segundo Google Brasil

  • Chat por mensagem ou vídeo — 44,8%
  • Compras — 30,3%
  • Delivery — 29,2%
  • Passagens aéreas ou agendamento de consultas — 28,1%
  • Serviços de mobilidade — 26%
  • Serviços financeiros — 22,1%

Rappi se prepara para se tornar um Superapp

Superapps

(Foto: Shutterstock)

O Rappi é um dos aplicativos que estão objetivamente se esforçando para trazer o conceito de Superapp para as terras tupiniquins. 

Apesar da empresa ser Colombiana, a diversidade de entregas ocorridas no Brasil chamou a atenção de seus executivos, que viram uma oportunidade de trazer a tendência da China para o país. 

Muito além das entregas de comida, farmácia e supermercado, o Rappi já efetuou serviços de naturezas diferenciadas, como reservar posições em filas, acompanhar exames médicos, fazer test-drives de carros e contratar personal shoppers ou outros tipos de serviços gerais.

Em novembro de 2019, a empresa anunciou uma parceria com a Grin, passando a oferecer o desbloqueio de  patinetes elétricos da Grow nas cidades de atuação. Agora, a mais nova parceria fechada foi com o aplicativo de táxis Wappa Brasil, levando, também, os táxis para dentro da plataforma.

Inicialmente, as operações com a Wappa estão disponíveis apenas na cidade de São Paulo.


+ NOTÍCIAS

Reclamações contra aplicativos de entrega de comida aumentam 1.195% em São Paulo em 2019

O futuro dos aplicativos de mensagens

Rappi começa a oferecer serviços de obras, reformas e manutenções


MAIS LIDAS

VEJA MAIS

ÚLTIMAS

VEJA MAIS

Quanto custa abrir uma franquia de varejo no Brasil?

Home office é tendência de trabalho para 2020: veja 5 dicas

“Parasita”: Pessoas, baratas, parasitas e a diluição da identidade

Manu Gavassi e sua brilhante estratégia de branding. O que as marcas podem aprender com ela?

Quais são as tendências para 2020. Veja a lista

VEJA MAIS